14 de dez de 2010

Declarações após o jogo

Eis algumas declarações dos "personagens" do fracasso do INTERNACIONAL após a derrota em Abu Dhabi para o Todo Poderoso Mazembe e alguns comentários do blog.

Declaração do glorioso Fernando Carvalho
“Eu não acredito em ciclo encerrado, ainda mais numa análise pós-jogo. Após uma derrota como essa. Uma expectativa que foi totalmente suplantada pela que aconteceu dentro de campo. A expectativa era de vitória. Então, não tenho como falar neste momento em fim de ciclo. O treinador, não é pelo aconteceu hoje que ele vai ter mais ou menos considerações da nossa parte. A idéia é que ele permaneça. Nós queremos que ele continue conosco. Não é esse revés que sofremos que vamos mudar a nossa comissão.”
Comentários do Blog: Fernando Carvalho perdeu a oportunidade junto ao torcedor Colorado de nada mencionar sobre este assunto. Manter Celso Juarez Roth em 2011 será a manutenção dos erros cometidos ao longo de todo o 2° semestre de 2010. Minha torcida é que o contrato de Roth não seja renovado e também sou da opinião que o prazo de validade do FC também já expirou.

Declaração do goleador Alecsandro ou Alecone
“Eu fiz um bom primeiro tempo, dei um passe para o Sobis, não errei nenhum lance. Estava acreditando que a primeira bola que me aparecesse iria marcar. O Tinga me tirou uma chance. Cabeceou uma bola que até me machuquei na hora da queda. Se ele não toca na bola eu faria o gol. Estive bem posicionado, esperando uma oportunidade de gol. Sou um atacante mais de frente, enfiado, mas dependo de um cruzamento, de um lançamento. Não sou jogador de fazer gol de arrancada do meio-campo. Faltou também um pouco de coragem, principalmente na entrada da área, para tentarmos uma tabela. Vim confiante, acreditando que faria os gols, passaríamos para a final e voltaríamos com a taça. Não aconteceu. Estou realmente chateado”
Comentários do blog: Não joga absolutamente nada e para piorar se considera craque de futebol. Ele nunca erra. Dá passes precisos. Está sempre bem colocado. Sempre cumpre as orientações táticas do treinador. O companheiro infelizmente tirou um gol certo que ele iria fazer. Suas declarações em minha opinião são sempre horríveis e parece que hoje ele se superou. Minha torcida é que nunca mais vista a camisa do INTERNACIONAL.

Declarações do comandante Celso Juarez Roth
"A decepção é muito grande. Não adianta dizermos que tivemos oportunidades, dizer que fomos melhores. Não adianta nada dominar o jogo inteiro e não fazer gols. Melhor é quem ganha. O Mazembe tá de parabéns. Aproveitou as chances que teve e passou para a final"
"Infelizmente, foi sobre o Inter e comigo no comando. As coisas acontecem e temos que carregar isto. Mas não é desonra nenhuma. As coisas sempre tendem a melhorar. O futebol da África vem melhorando muito. Eu ter perdido para um time africano não é demérito nenhum"
Comentários do Blog: Geralmente o Roth enxerga um jogo diferente dos demais. A superioridade do Mazembe no jogo é incontestável. Roth errou no esquema de jogo e nas substituições. É um dos grandes responsáveis pelo fiasco do INTERNACIONAL. Não soube aproveitar todo o 2° semestre de 2010 para definir um time e um esquema de jogo que funcionasse e ainda perdeu muito tempo insistindo em jogadores sem condições técnicas. Antes deste fiasco eu já era completamente contra o profissional Roth, depois deste jogo não renovar seu contrato é uma obrigação da nova Direção Colorada.

Declarações do Rafael Sóbis (O David Backham dos Pampas)
"A gente fez tudo certinho, nos preparamos bem. No segundo tempo, acharam um gol. Depois desestruturou um pouco - explicou o atleta, cujos chutes foram barrados pelo exótico Kidiaba."
Comentários do Blog: Sóbis é um ídolo do Torcedor Vermelho e foi fundamental na conquista da Libertadores de 2006 e teve também participação importante na conquista de 2010. Infelizmente depois da sua lesão de joelho não conseguiu voltar ao seu grande futebol. E Sóbis não foi feliz em sua entrevista ao dizer que os africanos acharam um gol. Reconhecer a superioridade do vencedor é fundamental para descobrir porque perdemos. Sóbis ainda tem mais 6 meses de contrato com o INTERNACIONAL e será jogador do COLORADO na libertadores de 2011 e espero que seja na sua função de origem.

Declarações do General Bolivar
“A decepção é grande. O objetivo de conseguir este Mundial era grande, eu sendo campeão, claro que passava pela cabeça erguer a taça. Infelizmente não conseguimos. A gente sabe que é sempre muito complicado ser eliminado num jogo antes da final. Os jogadores têm que ter paciência, tranquilidade. É difícil assimilar isto. Sem duvida é a pior derrota da minha vida”.
Comentários do Blog: É nosso melhor defensor e também foi o único zagueiro confiável de nosso plantel durante o ano de 2010. Hoje esteve irreconhecível. É verdade que um esquema de jogo sem um centromédio de origem expõe os zagueiros em combate direto com os atacantes adversários (culpa do esquema de jogo e de quem contratou os jogadores). Um dos motivos da nossa derrota está demonstrada na declaração do Bolívar "passava pela cabeça erguer a taça", esqueceram que para vencer era preciso jogar futebol superior aos adversários. A soberba da atual Direção e de grande parte da nossa torcida foi transmitida aos nossos atletas.

Declaração do Tinga
"Não sei se é surpresa. Mas é difícil sair na semifinal. Estamos tristes como todo torcedor. Acho que até mais."
"Com certeza, a gente está chateado porque eles confiaram na gente. Vieram até aqui. Nós sabíamos que isso poderia acontecer, pois, hoje, o futebol está muito nivelado. Paciência. Estamos tristes, mas a vida continua."
Comentários do blog: Outro ídodo da Libertadores de 2006. Teve algumas ótimas atuações depois do seu retorno. Na libertadores deste ano quase comprometeu novamente com a expulsão na partida contra o São Paulo. Hoje jogou muito pouco como todo o time. É jogador com contrato e deve permanecer para a Libertadores de 2011 e espero que jogue na 3ª posição do meio campo e no tradicional esquema 4-4-2. Comentou a tristeza pela derrota mas podia evitar a frase "mas a vida continua" pois torcedor não suporta ouvir esta declaração após uma derrota.

Sem declarações e os comentários do blog sobre alguns atletas
Kleber e D´Alessandro jogaram muito pouco e merecem criticas e fortes pelo fraco desempenho no jogo de hoje. Ambos possuem excelente condição técnica por isso da exigência. Ambos são jogadores experientes e não assumiram a responsabilidade do jogo.

O guerreiro Guinazu ídolo da torcida jogou muito pouco e errou praticamente todos os passes. Seu ciclo no COLORADO terminou e sou favorável a sua saída.

O goleiro Renam entendo que não teve culpa em nenhum dos gols sofridos. Hoje me convenci que mesmo sendo o melhor dos goleiros que foram ao Mundial não possuí estrela suficiente para ser nosso goleiro titular. Mesmo que seu contrato tenha mais 6 meses de duração, sou totalmente a favor que ele não seja mais utilizado como nosso goleiro titular.

Índio o zagueiro artilheiro, meu muito obrigado pelos serviços prestados, mas infelizmente seu ciclo terminou. E nossa direção fez a proeza de renovar seu contrato que terminava neste final de ano em mais dois ano. Qual a explicação para esta atitude? Reconhecimento e gratidão se demonstra de outra forma não desta.

Não quero um desmanche em nosso plantel e penso que uma atitude destas é de grande risco. Quero sim algumas alterações. Minha opinião é que o ideal deria dispensar alguns jogadores para aliviar a folha de pagamento e sobrar grana para trazer outros jogadores para reposição destes atletas. Claro que para haver a dispensa daqueles que possuem contratos de prazo longo que deve surgir algum outro clube com o interesse nestes atletas.
 
O texto foi longo. O momento é de reflexão.
Abraços aos leitores.

0 comentários:

Postar um comentário