5 de set de 2013

Ufa Vencemos e foi o Curitia

Ufa uma vitória e o melhor que foi contra o Corinthians que se tornou o principal rival do COLORADO após o título afanado no Brasileiro de 2005.

Pode se dizer que foi uma vitória contra tudo e todos.

Foi um jogo de muita transpiração e pouca inspiração.

O Juíz anulou um gol do INTER em um lance polemico e que na dúvida o Juizão mudou sua decisão e anulou o gol COLORADO. 

D´Alessandro foi o dono do jogo. E quando o gringo joga muito é muito difícil terminar o jogo sem vitória do INTER.

E o gol da vitória foi numa excelente cobrança de falta.

Dunga hoje acertou na escalação do time considerando os jogadores disponíveis.

A esperança que sempre renasce após uma vitória é por uma sequência de vitórias consecutivas.

Hoje foi de dia de CHUPA CURINTIA.

Um grande e forte abraço.




1 de set de 2013

Empates e Mais Empates

Empates e mais empates, hoje foi contra o Coritiba em Curitiba e foi o 6˚ consecutivo. Nesta seqüência tivemos empates que foram pontos ganhos e outros que foram pontos perdidos. 

Lembrando a série de empates:
1) GFPA 1 x 1 Inter (jogo na Arena e Clássico e Juiz interferiu no jogo);
2) Inter 2 x 2 Atlético PR (pelo resultado 2 pontos perdidos e pelo jogo 1 ponto ganho);
3) Botafogo 3 x 3 Inter - (1 ponto ganho pelo resultado e pelo jogo);
4) Inter 0 x 0 Atlético-MG (2 pontos perdidos pelo resultado e pelo jogo);
5) Inter 3 x 3 Goiás (2 pontos perdidos pelo resultado e 1 ponto ganho pelo jogo);
6) Coritiba 0 x 0 (resultado justo - nenhum time mereceu vencer).

O Inter em campo é um time completamente desorganizado. Não temos: 
- jogadas ensaiadas; 
- padrão de jogo; 
- esquema definido;
- desconhecemos qual é o time titular;
- velocidade de tartaruga;
- sistema defensivo uma peneira.

Direção de futebol do clube foi incompetente na formação do time. Alguns erros da atual Direção de Futebol:
- não soube avaliar que não havia goleiro;
- contratou erradamente por duas vezes o lateral direito reserva (Helder e Ednei);
- deixou de contratar zagueiros; 
- contratou erradamente dois volantes (Airton e Willians);
- ainda há as contratações do Vítor Jr e os retornos de Ronaldo Alves e Gilberto (todos estas 3 já haviam sido liberados por insuficiência técnica).

Dos volantes contratados um é muito ruim e outro acha que joga muito mais do que realmente é. Alguém precisa avisar o Willians que ele é no máximo um jogador médio.

Dunga demonstra que perdeu completamente o tesão de treinar o Inter.

Por outro lado Dunga na condição de treinador deixa a desejar e muito, principalmente porque:
- jogadores tiveram 30 dias de férias;
- clube fez a pré temporada com a quantidade de dias que todos os treinadores  pedem a Deus;
- INTER entrou no Gauchão aos poucos em detrimento do planejamento da preparação física;
- Durante o Gauchão clube não disputou paralelamente a Libertadores;
- Foi campeão Gaúcho com antecedência e eliminou os jogos finais e com isso ficou treinando por mais de 20 dias para o início do Brasileiro;
- Mais férias e preparação física em virtude da Copa das Confederações.

Portanto não aleguem falta de tempo para treinamento. Era obrigação do Dunga que o time em campo apresentasse organização coletiva e esquema de jogo de definido.

Em campo o COLORADO é uma decepção. Uma completa desorganização. Um time sem brilho e sem tesão de vencer.

E o que pensar do Forlan quando foi substituído no jogo contra o Coritiba. Estava satisfeito com o resultado? Indignado consigo mesmo? P da cara com o Dunga? Na prática pode ser por todas as perguntas.

Muitos no twitter escrevem que parece haver um boicote com o Damião. Que os demais jogadores não lhe passam a bola. Será? Eu entendo que não e o motivo é a desorganização do time.

Dunga deve ser demitido? Sim.
Diretores de Futebol devem ser demitidos? Sim.

Assim como o INTER eu também estou completamente desmotivado com o time.

Um grande e forte abraço.

12 de ago de 2013

1 ponto com ajuda do juiz

Apenas empatamos com o Atlético do Paraná em outra péssima atuação do sistema defensivo do COLORADO. Mais 2 gols sofridos. Agora são 18 gols levados em 12 partidas. É muita coisa.

Airton e Ednei fazem parte do turma do R.Moura e devem ser proibidos de jogar com a camisa do INTER.

O COLORADO adotou a numeração fixa e acreditem que a camisa número 5 é utilizada pelo Airton. Isso é uma afronta a história do clube.

Um goleiro nota 6 defenderia no mínimo um dos dois gols sofridos pelo COLORADO.

E no final do jogo o INTER obteve 1 ponto com a AJUDA do Juiz e Bandeira que erradamente anularam um gol que foi legitimo do Furucão.

Pela visão do campo e pela proximidade a impressão que fica é que as dimensões do gramado do campo de Estádio do Vale são menores que as dimensões do Beira Rio. Será que realmente é menor?

Otavinho é bom jogador.

Especulações do momento dizem que o INTER está contratando Wellington Paulista (Criciúma). Damião será vendido até 31/8/2013?

Nos últimos 9 pontos disputados apenas 2 conquistados. (Náutico, GFPA, e Atlético-PR)

Desanimado com o time que parece que vai e na hora H não faz assume a postura de time campeão.

Um grande e forte abraço.

4 de ago de 2013

Fabrício Neves Corrêa foi decisivo

Apenas empatamos no 1° clássico GreNal da Arena Porto Alegrense/OAS e infelizmente perdemos mais 2 pontos.

O péssimo árbitro Fabrício Neves Corrêa que é sabido por todos que foi ou ainda é torcedor fanático do GFPA teve desempenho abaixo da crítica.

O juiz influenciou ao deixar de expulsar no 1° tempo o Adriano e no 2° o Riveros. A não expulsão do Adriano foi um escândalo e o Riveros fez varias faltas em seqüência e não recebeu o 2° cartão amarelo (por muito menos de faltas em seqüência o Josimar recebeu o amarelo).

O Juiz comprometeu e influencio no resultado do jogo. 

Já nos lances polêmicos envolvendo jogadores COLORADOS o Juiz não teve dúvidas. Expulsou corretamente Jorge Henrique (desta vez não errou) e errou nas expulsões de Fabrício e Werley (para compensar já que o jogo praticamente já havia encerrado e não havia mais tempo)

No mais foi um GreNal como outros tantos muito disputado e com poucas chances de gols. Muita reclamação e uma enormidade de faltas.

No geral entendo que o INTER jogou de forma a administrar o jogo.

Um grande e forte abraço.

28 de jul de 2013

Perder de três para o Náutico é inexplicável

Após excelentes vitórias contra Vasco, Fluminense, Flamengo e São Paulo um VEXAME com letras maiúsculas contra o atual lanterna do campeonato.

Perder de 3 x 0 para o Náutico é inexplicável. 

Além do VEXAME um festival de decisões equivocadas.

Todos os jogos do campeonato possuem o mesmo peso (3 pontos). Aí os gênios decidem poupar titulares ou forçar cartão amarelo de jogadores importantes para o time.

Damião foi poupado. Não tem nenhuma lesão ou desconforto. Vai faltar alguém com culhões e cabelo no peito para alguém assumir a autoria desta decisão (cagada).

Não consigo entender como o Dunga escalou o Rafael Moura. Fez um 1° tempo horrível e mesmo assim não foi substituído.

A derrota de hoje deve ser creditada na conta do Dunga. Assim como nas vitorias anteriores é merecedor de todo reconhecimento.

Vamos descansar/folgar na rodada do meio da semana e enfrentaremos no próximo domingo o GFPA na Arena Porto Alegrense. Jogo que vai entrar para a história.

Completamente P. da cara. 

Um grande e forte abraço.

21 de jul de 2013

No apagar das luzes.

Outra vitória daquelas que podem fazer a diferença. Gol no apagar das luzes. 

A alegria com o gol da vitória aos 45 minutos do 2° tempo é igualmente proporcional a frustração dos secadores.

Gol de Juan que não comemorou em "respeito" ao clube que lhe projetou para os salários milionários do futebol. Não tenho uma opinião definitiva se acho isso correto ou não.  Vejam que Ronaldinho Gaúcho sempre comemora nos gols contra o GFPA e acho isso muito certo.

Um jogo disputado quase igual uma partida de xadrez. Decido no detalhe. Nenhum jogador nos 2 times conseguiu uma atuação de destaque individual. 

O juiz não esteve a altura do jogo. Muito ruim. Errou contra ambos em lances importantes.

Dunga demonstra que tem o grupo fechado com seu projeto. Jogadores não desistem até o último minuto. Preparador físico Paixão é fundamental para este estilo de jogo.

Muriel desta vez foi muito bem e fez defesas difíceis. Foi o 1° jogo neste brasileiro que o INTER na tomou gol.

Alex e Scocco ótimas contratações. Entendo que foi melhor que as anunciadas e não concretizadas contratações do Nilmar e Saviola.

A melhor que li no twitter foi: "É o gol Luiggi aos 45 minutos do 2° tempo". 

Na quarta jogaremos contra o São Paulo, jogo antecipado, e horário será as 21hs. O 2º tempo da partida vá coincidir com o 1° tempo da final da Libertadores. É muita incompetência da CBF.

Um final de semana perfeito para o torcedor vermelho. Comemoramos 2 vitórias.

Um grande e forte abraço.

14 de jul de 2013

Vitória da qualidade técnica

Vencer o Fluminense no RJ é uma vitória que pode ser o diferencial lá no final do campeonato. Vale o mesmo pensamento para a derrota contra o Bahia em Caxias.

Foi um vitória do diferencial da qualidade técnica. O Inter foi feliz e também contou com a sorte ao seu lado e com os erros do Fluminense.

Muriel ganhou alguns minutos preciosos durante o jogo.

Sistema defensivo do COLRAD0 novamente deixou a desejar. Além dos 2 gols sofridos fomos premiados com a falta de pontaria do ataque do Flu.

Já o ataque do INTER aproveitou as oportunidades.

Rafael Moura outra vez em nada colaborou, pelo contrario estava comendo mosca no gol Fred.

Fórlan pelos gols e o lançamento preciso no gol do D'Alessandro foi o cara do jogo.

Próximo jogo é contra o Flamengo treinado pelo Mano Menezes que possuí excelente vantagem sobre o COLORADO.

7 de jul de 2013

Vitória com show de gols


Foi uma grande partida do COLORADO que foi manchada pelos erros do sistema defensivo. O placar de 5 x 3 não representou a superioridade do INTER sobre o Vasco.

Dunga acertou ao escalar Fabrício e Kleber pelo lado esquerdo. É a melhor alternativa no momento após a venda do neguinho Fred.

Rafael Moura fez um gol de camisa 9. Jogou 45 minutos e não ficou nenhuma vez em posição de impedimento. Isso é inédito.

D'Alessandro comandou o time novamente. 

Foi um jogo de golaços com destaque para os gols de Folan, D'Alessandro e Nei.

Outro jogo que Muriel errou bastante. O Vasco escancarou o opinião dos adversários sobre o arqueiro Colorado e chutavam de qualquer lugar do campo. 

O sistema de defensivo do INTER é assustador em 6 jogos disputados conseguiu a proeza de levar 10 gols. Em contrapartida é o ataque mais positivo do campeonato com 13 gols.

Próximo adversário pelo campeonato brasileiro é o Fluminense em jogo fora.

Um grande e forte abraço.

8 de jun de 2013

Empate com participação de decisiva de R.Moura


Empate contra o Cruzeiro em MG nunca será um resultado ruim. Empate em 2 gols em um bom jogo de futebol.

No geral gostei do time do COLORADO. Jogou na casa do adversário desconsiderado o fator mando de campo.  O time não foi covarde. 

Mesmo com o grande erro cometido pelo R.Moura que originou um pênalti e como consequência o 2° gol do Cruzeiro, o INTER teve várias chances de ganhar o jogo.

Dunga, como todos os demais técnicos do mundo, quer demonstrar que é o dono da sabedoria absoluta. Quer comprovar a todos que ele é o dono da verdade. E o espatacular da vez é Aiton. 

Após as oportunidades recebidas e não correspondidas e com o pênalti mais idiota da história recente do COLORADO, a tendência, ou melhor a expectativa de todos é que R.Moura nunca mais jogue com a camisa do Sport Club Internacional.

A contratação de R.Moura é digna de comparação com as de: Kleber Pereira e Didi Facada (para ficar somente com centroavantes). 

Se o R.Moura recebesse salário mínimo já seria muito, imagina se é verdade que ganha R$ 400 mil por mês. 

Que a parada do Brasileiro seja útil para organizar o sistema defensivo. Sofremos 7 gols em 5 jogos. Com esta média de gols sofridos é impossível ser feliz no campeonato.

E aproveitamento em percentuais é vergonhoso, de apenas 40% (6 pontos em 15 disputados).

Que o trio que dirigi o COLORADO e que parece que se encontra em sono profundo acorde e vá em busca de contratações. E não deixe de se livrar de Vítor Jr, Gilberto, R.Moura, no mínimo.

Um grande e forte abraço.

5 de jun de 2013

A realidade é triste


Colorado apenas empatou contra o fraco time da Lusa em mais uma péssima atuação.

Tanto no coletivo como na individualidade nenhum destaque positivo. Jogadores e treinador merecem nota média de 3,5 pelo jogo de hoje.

O rei do impedimento ou o próprio impedimento, Rafael Moura, fez o gol do INTER após excelente jogada do jovem Otavinho. 

Nei continua jogado no INTER só que tá disfarçado de lateral esquerda. Impossível não reconhecer pela semelhança na forma de pensar e no posicionamento. 

Aos 22 minutos do 2° tempo o INTER ganhou de presente a expulsão de um jogador da Lusa. A expulsão foi um erro do Arbitro. 

Com 1 jogador a mais por metade do tempo na 2ª etapa o COLORADO não conseguiu tirar nenhum proveito da vantagem numérica. E para completar Dunga novamente optou por Gilberto como solução. Outra vez o técnico errou nas substituições. Contra o Bahia cometeu o mesmo erro. 

Em 12 pontos disputados contra adversários que frequentam com regularidade a Serie B o INTER obteve apenas 5 pontos. Aproveitamento de 41,6%. 

O aproveitamento do COLORADO nestas 4 partidas demonstra a fragilidade do seu atual grupo de jogadores. Nesta situação lembrar do Presidente do Clube e seus 2 Diretores de Futebol é uma obrigação. 

Houve tempo e de sobra para preparar o time fisicamente e tecnicamente para o início do Brasileiro e que mesmo com o atual plantel a obrigação de vencer era toda do COLORADO. Jogamos contra times inferiores em todos os aspectos (camisa, plantel, salários e todas as demais condições são todas favoráveis ao INTER). E aí a responsabilidade por estes fracassos é da comissão técnica e jogadores.

Tendência no próximo jogo é de derrota para o Cruzeiro em MG.

Um grande e forte abraço.