28 de abr de 2011

Jogo morno e empate quente

Muito melhor que o desempenho do COLORADO no jogo foi o resultado de empate em um gol contra o Peñarol. Não gostei do sistema coletivo do time de Paulo Roberto Falcão no jogo de hoje. O sistema defensivo foi mal, Guinazu muitas vezes correndo desorientadamente pelo campo , D´Alessandro não conseguiu se livrar da forte marcação e Rafael Sóbis novamente nada fez em campo. A deficiência técnica do lateral direito do INTERNACIONAL é gritante. O grande destaque do INTERNACIONAL no jogo de hoje foi Bolatti. E a fase do centroavante Leandro Damião é simplesmente extraordinária.

O discurso do treinador P.R.Falcão que o time tem que agredir e buscar o ataque e vitória independente do local da partida, hoje não se confirmou. Vimos um time confortado com o empate e que aos 20 minutos do segundo tempo desistiu de conquistar a vitória.

Pelo televisor fiquei com a impressão que o time não conseguiu fazer a tal compactação que o treinador tanto quer.

Em virtude da grande resistência do torcedor vermelho, destaco novamente a atuação segura do goleiro Renan que fez duas grandes defesas e que não teve nenhuma responsabilidade no gol do Peñarol.

Na próxima semana, teremos o jogo da volta no GIGANTE e o INTERNACIONAL avança de fase se obter empate sem gols ou vitória com qualquer escorre.

Eu Quero a AméricaTriVermelha.
Um grande e forte abraço aos leitores.

24 de abr de 2011

Vitória contra a mesmice dos demais "professores"

O INTERNACIONAL ganhou do Juventude por 2 a 1 em pleno Alfredo Jaconi e se credenciou para decidir a Taça Farroupilha no GIGANTE contra o eterno rival Porto Alegrense. Com a vitória da dupla neste final de semana teremos o primeiro dos possíveis cinco clássicos.

A vitória foi mais que merecida e o que vimos hoje foi um COLORADO que jogou para frente e para ganhar. Méritos para Paulo Roberto Falcão que saindo da mesmice dos treinadores de futebol não recuou seu time após expulsão do volante Bolatti.

O gol da vitória do INTERNACIONAL foi um primor de jogada de Leandro Damião com direito a uma lambreta espetacular e que na seqüência do lance passou para Tinga na frente do gol e praticamente sem goleiro para decretar a vitória COLORADA.

Muito mais importante que o clássico do próximo final de semana que vai decidir a Taça Farroupilha é o jogo pela Libertadores (Peñarol). Espero que o clássico do próximo final de semana não interfira na concentração e preparação do INTERNACIONAL para o jogo contra os Uruguaios.

Meus destaques positivos foram: Oscar e Guinazu. E os negativos foram: Kleber, Andrezinho e Rafael Sóbis. Para muitos torcedores do INTERNACIONAL o goleiro Renan falhou no gol de empate do Juventude e no qual discordo veementemente.

Enquanto não localizo uma fotografia da espetacular lambreta de Leambro Damião. Coloco uma réplica.
Eu Quero a AméricaTriVermelha
Um grande e forte abraço aos leitores.

21 de abr de 2011

Libertadores de 2011 – Foi dado a partida.

Definido os confrontos das oitavas de final da maior competição das América. Dos 16 clubes classificados temos: 5 brasileiros, 2 argentinos, 2 colombianos, 2 mexicanos, 2 paraguaios, 1 chileno, 1 equatoriano e 1 uruguaio.

Os confrontos das oitavas já estão todos definidos e também  a definição dos cruzamentos futuros. Veja no fluxograma abaixo:


Acredito que os oito classificados para as quartas de final serão: Cruzeiro; Santos; Júnior Barranquilla; Estudianties; Fluminense; LDU; INTERNACIONAL e Porto Alegrense.

Não tenho no momento nenhuma opinião sobre o time do Peñarol, não vi nenhum jogo do próximo adversário na fase de grupos. O que podemos afirmar é que se classificou em um grupo que era de muito mais tradição no mundo do Futebol que os adversários do Grupo do COLORADO.

Acredito que o tal campeonato gaúcho neste momento é um problema. Com certeza a continuidade do INTERNACIONAL no gauchão vai influenciar na administração, treinamento e foco para a libertadores. Não ficarei triste se o COLORADO for desclassificado pelo Juventude no próximo domingo. Desta forma poderemos oferecer total prioridade a maior e mais importante competição das América.

E que para o bem do futebol e da nossa rivalidade que INTERNACIONAL e Porto Alegrense possam se enfrentar na quartas de final para o confronto daquele que será o mais importante dos duelos deste clássico centenário.

Eu Quero a AméricaTriVermelha.
Um grande e forte abraço aos leitores.

20 de abr de 2011

Classificado e com a terceira melhor campanha.

Depois do péssimo primeiro tempo que o time COLORADO não acertou absolutamente nada e que ainda foi beneficiado pela arbitragem. O intervalo do jogo fez muito bem ao INTERNACIONAL que voltou melhor e conseguiu impor sua superioridade no segundo tempo e ganhou do Emelec do Equador pelo placar clássico de 2 a 0, com gols de Sóbis e Damião.

Os destaques positivos desta vitória foram: Andrezinho que conseguiu novamente assimilar as necessidades do esquema de jogo proposto pelo técnico Paulo Roberto Falcão; e o contestado goleiro Renan que quando exigido demonstrou segurança. Quem acompanha o blog com determinada frequência conhece a opinião deste blogueiro que considera Renan o melhor dos goleiros do atual grupo de atletas do INTERNACIONAL.

De um modo geral foi um jogo muito disputado e que o adversário enfrentou o INTERNACIONAL com um esquema muito semelhante ao nosso e com sua tradicional força física.

Mesmo com vitória , em minha opinião o INTERNACIONAL de Paulo Roberto Falcão não jogou bem e não conseguiu entusiasmar seu torcedor e acredito que o principal fator é que os jogadores se encontram ainda em período de adaptações as novas orientações táticas e técnicas que o treinador pretende impor ao time COLORADO.

O importante é que estamos classificados para as oitavas de finais da Libertadores, onde inicia os confrontos da denominada fase “mata-mata”. Com a vitória de hoje o INTERNACIONAL garantiu a terceira melhor campanha da fase de grupos. Nosso próximo adversário ainda não está definido.

Eu Quero a AméricaTriVermelha.
Um grande e forte abraço aos leitores.

17 de abr de 2011

Vitória Magra

No retorno do eterno ídolo Paulo Roberto Falcão na condição de treinador, o INTERNACIONAL venceu o Santa Cruz pelas quartas de finais da Taça Farroupilha pelo placar magro de 1 x 0 e se credenciou para as semi final.

O próximo adversário do COLORADO sairá do vencedor do confronte entre Juventude x Lajeadense. A tendência é que seja o Juventude e que o jogo seja disputado no Alfredo Jaconi já que o Juventude possui melhor campanha que o INTERNACIONAL (herança deixada pelo professor Celso Juarez Roth).

O Santa Cruz teve um jogador expulso praticamente na metade da primeira etapa e o COLORADO não soube tiver grande proveito da superioridade numérica em campo. Novamente muitos gols desperdiçados e o time não conseguiu liquidar a partida.

Houve sim algumas melhorias no posicionamento do time e na decisão do time titular e na escolha dos jogadores para compor o banco de reservas. As velhas deficiência ainda existem, principalmente em relação ao péssimo aproveitamento de bolas paradas. E continuamos oferecendo contra-ataque ao adversário em jogada de escanteio mal executado.

Falcão posicionou o time no esquema 1-4-4-2 e aos poucos vai impondo sua forma de trabalho tentando fazer com que o time consiga entender e executar seu esquema de jogo, privilegiando a posse de bola e a famosa compactação.

Na foto abaixo, registrei um dos momentos em que o time se posiciona nas duas linhas de 4 e compactado.


Na próxima terça, dia 19, temos confronte decisivo contra o Emelec e que vale a passagem de fase na Liberadores. E que todo COLORADO que tenha condições compareça ao GIGANTE para apoiar e defender o título da América.

Eu Quero a AméricaTriVermelha.
Um grande e forte abraço aos leitores.

13 de abr de 2011

Pedido Atendido e F5 é o Treinador

Após inúmeros pedidos do Torcedor Vermelho, finalmente a direção Colorada se mexeu e demitiu o incompetente treinador Celso Juarez Roth e para seu lugar contratou o inquestionável ídolo Paulo Roberto Falcão.


Na década de 90, nosso time foi um verdadeiro filme de horror. Tivemos inúmeros treinadores e quase todos foram considerados insuficientes, com raríssimas exceções. Falcão foi um dos treinadores daquela época e que teve um desempenho muito fraco.

Os tempos atuais são outros, hoje somos um clube muito melhor estruturado, que é considerado no momento como o maior e melhor da América, que tudo conquistou nos últimos anos. Falcão como um bom menino a velha casa retornou, e junto com ele a esperança do Torcedor Vermelho pela conquista da América Tri Vermelha.

No momento a torcida está em “lua de mel” com o clube, direção e jogadores e o apoio do povo COLORADO será total.

Em sua entrevista coletiva de apresentação, Paulo Roberto Falcão foi de uma felicidade ímpar e demonstrou toda sua afinidade, gratidão e amor pelo INTERNACIONAL, conquistando inclusive a parcela dos torcedor que não tiveram o prazer de ver o camisa 5 em ação.

Falcão iniciou seu trabalho e há grande expectativa nas mudanças comportamentais e táticas do time do COLORADO. Há um apelo quase que por unanimidade que Índio deixe a condição de titular e que Rafael Sóbis assuma a condição de atacante titular ao lado de Leandro Damião.

No início dos trabalhos, portões fechados, e algumas criticas já surgiram. Não tenho nada contra ou a favor dos treinos fechados, concordo que atrapalha o trabalho dos profissionais da imprensa. Quem se sentir prejudicado que reclame.

No próximo sábado, no confronto contra o Santa Cruz pela quartas de final da Taça Piratini teremos a 1ª oportunidade de ver o novo INTER em campo e sob o comando do ídolo Falcão. A expectativa é enorme e a torcida para que dê certo é GIGANTE.

Eu Quero a AméricaTrivermelha
Um grande e forte abraço aos leitores do blog.

10 de abr de 2011

Vitória com placar de futsal (6 x 2)

O INTERNACIONAL ganhou com o placar elástico de 6 a 2 do fraco Canoas/Ulbra. Outra vez o sistema defensivo do COLORADO demonstrou toda sua deficiência. Por incrível que pareça o "menos ruim" do sistema defensivo do INTER no jogo de hoje foi o contestado Nei. Os melhores jogadores em campo hoje foram D'Alessadro e Rafael Sóbis e que foram fundamentais para a virada no placar.

A saída de Celso Juarez Roth parece que já começou a surtir efeitos positivos a iniciar pelo ataque que hoje desencantou e fez 6 gols.

A grande notícia para o torcedor vermelho, foi a confirmação da demissão de Celso Juarez Roth na sexta e a confirmação no domingo que Paulo Roberto Falcão é o novo treinador do COLORADO.

Roth era a certeza que nada mais ganharíamos enquanto sua permanência no comando do time. Com Falcão renasce a esperança de continuar a performance vitoriosa dos últimos anos do INTERNACIONAL.

Foto de outubro de 1998 (Aeroporto de Guarulhos) época que os meus 6 graus de miopia ainda me acompanhavam.


Eu Quero a AméricaTriVermelha.
Um grande e forte abraço aos leitores.

6 de abr de 2011

Quem joga para empatar, merece a derrota.

O INTERNACIONAL voltou a decepcionar mais uma vez e perdeu para o fraco time do Jaguares por 1 a 0. O goleiro Lauro foi o melhor jogador do COLORADO na partida. O placar foi injusto para o time Mexicano que deveria ter ganhado por diferença de mais gols.

Ficou nítido que a orientação do treinador COLORADO foi para buscar o empate e podemos afirmar isso pela postura coletiva do time. Não temos objetividade e não jogamos em direção ao gol do adversário.

Não vou culpar o Nei pela derrota, como fez o presidente do INTERNACIONAL, mesmo havendo o erro individual do lateral direito. O COLORADO tinha a obrigação de fazer gols neste fraco time e não conseguiu e o culpado tem nome e sobrenome: é o treinador Celso Juarez Roth.

Celso Juarez Roth foi novamente infeliz na formatação tática do time e nas substituições realizadas. Sinceramente não consigo esperar nada de um time orientado pelo péssimo treinador COLORADO.

Celso Juarez Roth é incompetente como treinador de futebol e Roberto Siegmann é incompetente como dirigente de futebol por manter o treinador no comando técnico do INTERNACIONAL.

Tenho absoluta convicção que com Celso Juarez Roth no comando técnico do INTERNACIOAL, não seremos campeão gaúcho, não seremos campeão da libertadores, não seremos campeão da recopa, não seremos campeão da copa Audi, não seremos campeão do brasileiro. E com certeza em alguma destas competições ainda iremos realizar fiascos, a exemplo do que já foi feito no Mundial Fifa 2010 quando conseguimos a proeza de perder para o "Todo Poderoso Mazembe".

E Celso Juarez Roth deve estar satisfeito, pois na semana de aniversário do Clube (102 anos) e do estádio Gigante (42 anos), conseguiu presentear a torcida vermelha com uma derrota para mais um “todo poderoso”.

Demissão urgente para Celso Juarez Roth.

Eu não acredito na AméricaTriVermelha com o incompetente Roth de treinador.
Um grande e forte abraço aos leitores.

4 de abr de 2011

INTERNACIONAL 102 Anos (na primeira divisão)

Hoje, dia 4/4/2011, o glorioso Sport Club INTERNACIONAL, completa 102 anos de idade. O clube que nos orgulha por ser o CLUBE DO POVO.

O orgulho de ser COLORADO está acima das glórias, conquistas e títulos. Eis algumas frases que foram postadas ao longo do dia de hoje no twitter e que relembram os “Momentos INTER”.

Paulinho McLaren faz três, Mazinho Loyola faz outro mas Inter perde de 5 a 4 pro Bahia na Copa do Brasil. Inter se classifica #momentosinter














Libertadores 2006 e 2010: @rafaelsobis comemora título correndo com o bandeirão da torcida #momentosinter


#inter102anos e nunca jogou a 2a divisão!


Pedro Jr. faz gol de NUCA, cala o beira rio e dá título da Libertadores e do Mundial ao Abel. #momentosinter



Nosso orgulho é - sempre foi! - sermos o clube do povo. #Inter102anos

"Nos deram um terreno dentro d'água e nele construímos um GIGANTE!" #inter102anos

Eu Quero a AméricaTriVermelha.
Um grande e forte abraço a todos COLORADOS nesta data de 102 anos.

3 de abr de 2011

Mais um empate no Gauchão

O INTERNACIONAL empatou novamente pelo campeonato gaúcho e desta vez em 1 a 1 contra o "forte" Lajeadense. O time COLORADO já disputou 6 partidas na taça farroupilha e possuí 2 vitórias e 4 empates e soma 10 pontos, aproveitamento de 55% e que é muito pouco se comparado com a qualidade destes adversários.

Novamente vimos um INTERNACIONAL sem nenhuma organização coletiva. O empate foi o resultado mais justo. O técnico Celso Juarez após partida reclamou e muito da arbitragem. Em minha opinião foi um jogo típico de gauchão e que a reclamação do treinador Roth é um “choro” de quem não teve competência para ganhar dentro das 4 linhas.


A cada jogo, a certeza que Celso Juarez Roth não possuí mais condições de permanecer no comando do futebol COLORADO e por mais que procure um único motivo não é possível encontrar.

Ontem vimos novamente o fraco lateral direito Daniel em campo. Qual a explicação e motivos para insistir em algo que todos sabem que não vai dar certo. Convicção, teimosia ou falta de massa cinzenta? Mil vezes improvisar Gladson na lateral direita do que jogar com o insuficiente Daniel.

O time do INTERNACIONAL estava totalmente descompactado, não existe uma única jogada ensaiada, vários escanteios a favor e nenhum aproveitamento, não sabemos aproveitar faltas próxima a área adversaria, não existe triangulação, ou seja, não existe nada enquanto organização tática e coletiva.

Hoje podemos afirmar que Celso Juarez Roth é péssimo treinador.

A outra certeza é que o planejamento dos Administradores do INTERNACIONAL para o Gauchão fracassou e o título já foi por água abaixo. Tenho absoluta convicção que não seremos campeões.

Quem é mais teimoso, Celso Juarez ou Roberto Siegamnn?

Haja paciência ...

Eu Quero a AméricaTriVermelha (mesmo com o Celso Juarez e Roberto Siegmann)
Um grande e forte abraço aos leitores.