5 de set de 2013

Ufa Vencemos e foi o Curitia

Ufa uma vitória e o melhor que foi contra o Corinthians que se tornou o principal rival do COLORADO após o título afanado no Brasileiro de 2005.

Pode se dizer que foi uma vitória contra tudo e todos.

Foi um jogo de muita transpiração e pouca inspiração.

O Juíz anulou um gol do INTER em um lance polemico e que na dúvida o Juizão mudou sua decisão e anulou o gol COLORADO. 

D´Alessandro foi o dono do jogo. E quando o gringo joga muito é muito difícil terminar o jogo sem vitória do INTER.

E o gol da vitória foi numa excelente cobrança de falta.

Dunga hoje acertou na escalação do time considerando os jogadores disponíveis.

A esperança que sempre renasce após uma vitória é por uma sequência de vitórias consecutivas.

Hoje foi de dia de CHUPA CURINTIA.

Um grande e forte abraço.




1 de set de 2013

Empates e Mais Empates

Empates e mais empates, hoje foi contra o Coritiba em Curitiba e foi o 6˚ consecutivo. Nesta seqüência tivemos empates que foram pontos ganhos e outros que foram pontos perdidos. 

Lembrando a série de empates:
1) GFPA 1 x 1 Inter (jogo na Arena e Clássico e Juiz interferiu no jogo);
2) Inter 2 x 2 Atlético PR (pelo resultado 2 pontos perdidos e pelo jogo 1 ponto ganho);
3) Botafogo 3 x 3 Inter - (1 ponto ganho pelo resultado e pelo jogo);
4) Inter 0 x 0 Atlético-MG (2 pontos perdidos pelo resultado e pelo jogo);
5) Inter 3 x 3 Goiás (2 pontos perdidos pelo resultado e 1 ponto ganho pelo jogo);
6) Coritiba 0 x 0 (resultado justo - nenhum time mereceu vencer).

O Inter em campo é um time completamente desorganizado. Não temos: 
- jogadas ensaiadas; 
- padrão de jogo; 
- esquema definido;
- desconhecemos qual é o time titular;
- velocidade de tartaruga;
- sistema defensivo uma peneira.

Direção de futebol do clube foi incompetente na formação do time. Alguns erros da atual Direção de Futebol:
- não soube avaliar que não havia goleiro;
- contratou erradamente por duas vezes o lateral direito reserva (Helder e Ednei);
- deixou de contratar zagueiros; 
- contratou erradamente dois volantes (Airton e Willians);
- ainda há as contratações do Vítor Jr e os retornos de Ronaldo Alves e Gilberto (todos estas 3 já haviam sido liberados por insuficiência técnica).

Dos volantes contratados um é muito ruim e outro acha que joga muito mais do que realmente é. Alguém precisa avisar o Willians que ele é no máximo um jogador médio.

Dunga demonstra que perdeu completamente o tesão de treinar o Inter.

Por outro lado Dunga na condição de treinador deixa a desejar e muito, principalmente porque:
- jogadores tiveram 30 dias de férias;
- clube fez a pré temporada com a quantidade de dias que todos os treinadores  pedem a Deus;
- INTER entrou no Gauchão aos poucos em detrimento do planejamento da preparação física;
- Durante o Gauchão clube não disputou paralelamente a Libertadores;
- Foi campeão Gaúcho com antecedência e eliminou os jogos finais e com isso ficou treinando por mais de 20 dias para o início do Brasileiro;
- Mais férias e preparação física em virtude da Copa das Confederações.

Portanto não aleguem falta de tempo para treinamento. Era obrigação do Dunga que o time em campo apresentasse organização coletiva e esquema de jogo de definido.

Em campo o COLORADO é uma decepção. Uma completa desorganização. Um time sem brilho e sem tesão de vencer.

E o que pensar do Forlan quando foi substituído no jogo contra o Coritiba. Estava satisfeito com o resultado? Indignado consigo mesmo? P da cara com o Dunga? Na prática pode ser por todas as perguntas.

Muitos no twitter escrevem que parece haver um boicote com o Damião. Que os demais jogadores não lhe passam a bola. Será? Eu entendo que não e o motivo é a desorganização do time.

Dunga deve ser demitido? Sim.
Diretores de Futebol devem ser demitidos? Sim.

Assim como o INTER eu também estou completamente desmotivado com o time.

Um grande e forte abraço.

12 de ago de 2013

1 ponto com ajuda do juiz

Apenas empatamos com o Atlético do Paraná em outra péssima atuação do sistema defensivo do COLORADO. Mais 2 gols sofridos. Agora são 18 gols levados em 12 partidas. É muita coisa.

Airton e Ednei fazem parte do turma do R.Moura e devem ser proibidos de jogar com a camisa do INTER.

O COLORADO adotou a numeração fixa e acreditem que a camisa número 5 é utilizada pelo Airton. Isso é uma afronta a história do clube.

Um goleiro nota 6 defenderia no mínimo um dos dois gols sofridos pelo COLORADO.

E no final do jogo o INTER obteve 1 ponto com a AJUDA do Juiz e Bandeira que erradamente anularam um gol que foi legitimo do Furucão.

Pela visão do campo e pela proximidade a impressão que fica é que as dimensões do gramado do campo de Estádio do Vale são menores que as dimensões do Beira Rio. Será que realmente é menor?

Otavinho é bom jogador.

Especulações do momento dizem que o INTER está contratando Wellington Paulista (Criciúma). Damião será vendido até 31/8/2013?

Nos últimos 9 pontos disputados apenas 2 conquistados. (Náutico, GFPA, e Atlético-PR)

Desanimado com o time que parece que vai e na hora H não faz assume a postura de time campeão.

Um grande e forte abraço.

4 de ago de 2013

Fabrício Neves Corrêa foi decisivo

Apenas empatamos no 1° clássico GreNal da Arena Porto Alegrense/OAS e infelizmente perdemos mais 2 pontos.

O péssimo árbitro Fabrício Neves Corrêa que é sabido por todos que foi ou ainda é torcedor fanático do GFPA teve desempenho abaixo da crítica.

O juiz influenciou ao deixar de expulsar no 1° tempo o Adriano e no 2° o Riveros. A não expulsão do Adriano foi um escândalo e o Riveros fez varias faltas em seqüência e não recebeu o 2° cartão amarelo (por muito menos de faltas em seqüência o Josimar recebeu o amarelo).

O Juiz comprometeu e influencio no resultado do jogo. 

Já nos lances polêmicos envolvendo jogadores COLORADOS o Juiz não teve dúvidas. Expulsou corretamente Jorge Henrique (desta vez não errou) e errou nas expulsões de Fabrício e Werley (para compensar já que o jogo praticamente já havia encerrado e não havia mais tempo)

No mais foi um GreNal como outros tantos muito disputado e com poucas chances de gols. Muita reclamação e uma enormidade de faltas.

No geral entendo que o INTER jogou de forma a administrar o jogo.

Um grande e forte abraço.

28 de jul de 2013

Perder de três para o Náutico é inexplicável

Após excelentes vitórias contra Vasco, Fluminense, Flamengo e São Paulo um VEXAME com letras maiúsculas contra o atual lanterna do campeonato.

Perder de 3 x 0 para o Náutico é inexplicável. 

Além do VEXAME um festival de decisões equivocadas.

Todos os jogos do campeonato possuem o mesmo peso (3 pontos). Aí os gênios decidem poupar titulares ou forçar cartão amarelo de jogadores importantes para o time.

Damião foi poupado. Não tem nenhuma lesão ou desconforto. Vai faltar alguém com culhões e cabelo no peito para alguém assumir a autoria desta decisão (cagada).

Não consigo entender como o Dunga escalou o Rafael Moura. Fez um 1° tempo horrível e mesmo assim não foi substituído.

A derrota de hoje deve ser creditada na conta do Dunga. Assim como nas vitorias anteriores é merecedor de todo reconhecimento.

Vamos descansar/folgar na rodada do meio da semana e enfrentaremos no próximo domingo o GFPA na Arena Porto Alegrense. Jogo que vai entrar para a história.

Completamente P. da cara. 

Um grande e forte abraço.

21 de jul de 2013

No apagar das luzes.

Outra vitória daquelas que podem fazer a diferença. Gol no apagar das luzes. 

A alegria com o gol da vitória aos 45 minutos do 2° tempo é igualmente proporcional a frustração dos secadores.

Gol de Juan que não comemorou em "respeito" ao clube que lhe projetou para os salários milionários do futebol. Não tenho uma opinião definitiva se acho isso correto ou não.  Vejam que Ronaldinho Gaúcho sempre comemora nos gols contra o GFPA e acho isso muito certo.

Um jogo disputado quase igual uma partida de xadrez. Decido no detalhe. Nenhum jogador nos 2 times conseguiu uma atuação de destaque individual. 

O juiz não esteve a altura do jogo. Muito ruim. Errou contra ambos em lances importantes.

Dunga demonstra que tem o grupo fechado com seu projeto. Jogadores não desistem até o último minuto. Preparador físico Paixão é fundamental para este estilo de jogo.

Muriel desta vez foi muito bem e fez defesas difíceis. Foi o 1° jogo neste brasileiro que o INTER na tomou gol.

Alex e Scocco ótimas contratações. Entendo que foi melhor que as anunciadas e não concretizadas contratações do Nilmar e Saviola.

A melhor que li no twitter foi: "É o gol Luiggi aos 45 minutos do 2° tempo". 

Na quarta jogaremos contra o São Paulo, jogo antecipado, e horário será as 21hs. O 2º tempo da partida vá coincidir com o 1° tempo da final da Libertadores. É muita incompetência da CBF.

Um final de semana perfeito para o torcedor vermelho. Comemoramos 2 vitórias.

Um grande e forte abraço.

14 de jul de 2013

Vitória da qualidade técnica

Vencer o Fluminense no RJ é uma vitória que pode ser o diferencial lá no final do campeonato. Vale o mesmo pensamento para a derrota contra o Bahia em Caxias.

Foi um vitória do diferencial da qualidade técnica. O Inter foi feliz e também contou com a sorte ao seu lado e com os erros do Fluminense.

Muriel ganhou alguns minutos preciosos durante o jogo.

Sistema defensivo do COLRAD0 novamente deixou a desejar. Além dos 2 gols sofridos fomos premiados com a falta de pontaria do ataque do Flu.

Já o ataque do INTER aproveitou as oportunidades.

Rafael Moura outra vez em nada colaborou, pelo contrario estava comendo mosca no gol Fred.

Fórlan pelos gols e o lançamento preciso no gol do D'Alessandro foi o cara do jogo.

Próximo jogo é contra o Flamengo treinado pelo Mano Menezes que possuí excelente vantagem sobre o COLORADO.

7 de jul de 2013

Vitória com show de gols


Foi uma grande partida do COLORADO que foi manchada pelos erros do sistema defensivo. O placar de 5 x 3 não representou a superioridade do INTER sobre o Vasco.

Dunga acertou ao escalar Fabrício e Kleber pelo lado esquerdo. É a melhor alternativa no momento após a venda do neguinho Fred.

Rafael Moura fez um gol de camisa 9. Jogou 45 minutos e não ficou nenhuma vez em posição de impedimento. Isso é inédito.

D'Alessandro comandou o time novamente. 

Foi um jogo de golaços com destaque para os gols de Folan, D'Alessandro e Nei.

Outro jogo que Muriel errou bastante. O Vasco escancarou o opinião dos adversários sobre o arqueiro Colorado e chutavam de qualquer lugar do campo. 

O sistema de defensivo do INTER é assustador em 6 jogos disputados conseguiu a proeza de levar 10 gols. Em contrapartida é o ataque mais positivo do campeonato com 13 gols.

Próximo adversário pelo campeonato brasileiro é o Fluminense em jogo fora.

Um grande e forte abraço.

8 de jun de 2013

Empate com participação de decisiva de R.Moura


Empate contra o Cruzeiro em MG nunca será um resultado ruim. Empate em 2 gols em um bom jogo de futebol.

No geral gostei do time do COLORADO. Jogou na casa do adversário desconsiderado o fator mando de campo.  O time não foi covarde. 

Mesmo com o grande erro cometido pelo R.Moura que originou um pênalti e como consequência o 2° gol do Cruzeiro, o INTER teve várias chances de ganhar o jogo.

Dunga, como todos os demais técnicos do mundo, quer demonstrar que é o dono da sabedoria absoluta. Quer comprovar a todos que ele é o dono da verdade. E o espatacular da vez é Aiton. 

Após as oportunidades recebidas e não correspondidas e com o pênalti mais idiota da história recente do COLORADO, a tendência, ou melhor a expectativa de todos é que R.Moura nunca mais jogue com a camisa do Sport Club Internacional.

A contratação de R.Moura é digna de comparação com as de: Kleber Pereira e Didi Facada (para ficar somente com centroavantes). 

Se o R.Moura recebesse salário mínimo já seria muito, imagina se é verdade que ganha R$ 400 mil por mês. 

Que a parada do Brasileiro seja útil para organizar o sistema defensivo. Sofremos 7 gols em 5 jogos. Com esta média de gols sofridos é impossível ser feliz no campeonato.

E aproveitamento em percentuais é vergonhoso, de apenas 40% (6 pontos em 15 disputados).

Que o trio que dirigi o COLORADO e que parece que se encontra em sono profundo acorde e vá em busca de contratações. E não deixe de se livrar de Vítor Jr, Gilberto, R.Moura, no mínimo.

Um grande e forte abraço.

5 de jun de 2013

A realidade é triste


Colorado apenas empatou contra o fraco time da Lusa em mais uma péssima atuação.

Tanto no coletivo como na individualidade nenhum destaque positivo. Jogadores e treinador merecem nota média de 3,5 pelo jogo de hoje.

O rei do impedimento ou o próprio impedimento, Rafael Moura, fez o gol do INTER após excelente jogada do jovem Otavinho. 

Nei continua jogado no INTER só que tá disfarçado de lateral esquerda. Impossível não reconhecer pela semelhança na forma de pensar e no posicionamento. 

Aos 22 minutos do 2° tempo o INTER ganhou de presente a expulsão de um jogador da Lusa. A expulsão foi um erro do Arbitro. 

Com 1 jogador a mais por metade do tempo na 2ª etapa o COLORADO não conseguiu tirar nenhum proveito da vantagem numérica. E para completar Dunga novamente optou por Gilberto como solução. Outra vez o técnico errou nas substituições. Contra o Bahia cometeu o mesmo erro. 

Em 12 pontos disputados contra adversários que frequentam com regularidade a Serie B o INTER obteve apenas 5 pontos. Aproveitamento de 41,6%. 

O aproveitamento do COLORADO nestas 4 partidas demonstra a fragilidade do seu atual grupo de jogadores. Nesta situação lembrar do Presidente do Clube e seus 2 Diretores de Futebol é uma obrigação. 

Houve tempo e de sobra para preparar o time fisicamente e tecnicamente para o início do Brasileiro e que mesmo com o atual plantel a obrigação de vencer era toda do COLORADO. Jogamos contra times inferiores em todos os aspectos (camisa, plantel, salários e todas as demais condições são todas favoráveis ao INTER). E aí a responsabilidade por estes fracassos é da comissão técnica e jogadores.

Tendência no próximo jogo é de derrota para o Cruzeiro em MG.

Um grande e forte abraço.

2 de jun de 2013

1º Fiasco do Brasileiro 2013


Jogando menos do que nada o INTER conseguiu a proeza de perder e merecidamente para o fraco time do Bahia em pleno estádio Centanário que é atual casa do COLORADO.

Nenhum setor do time funcionou. Goleiro, laterais, zagueiros, volantes, armadores entre eles D'Alessandro e atacantes não jogaram absolutamente nada.

O INTER perdendo de 2 x 0 (0 2° gol coloco na conta do Muriel) e as alternativas no banco de reserva eram: Agenor, Índio, Kleber, Igor, Vítor Jr, Mike e Gilberto. Não é brincadeira é a mais pura realidade.

E o Dunga cometeu o erro de acreditar no impossível e colocou em campo Gilberto. As únicas substituições possíveis neste jogo seria Mike no lugar de um dos volantes e Kleber no lugar do Fabrício. Dunga como todo o time também errou hoje.

Gilberto é muito, mas muito, pior que Rafael Moura.

Após a derrota o desânimo predomina com larga vantagem sobre o otimismo. A tendência no momento é que nos próximos 2 jogos o COLORADO vai conquistar no máximo 1 ponto. 

Os próximos jogos, ambos fora, são: Portuguesa em SP e Cruzeiro em MG.

No momento as explicações dos dorminhocos diretores de futebol do INTER é que a tal janela esta fechada. Que não é possível contratar jogadores que atuam no exterior e que estamos atentos para as alternativas existentes no mercado nacional e como exemplo foi citado a  contratação do extraordinário lateral direito que atuava no Veranópolis com quase 30 anos para ser o 2º ou 3º reserva do Gabriel.

Em janeiro/13 foram contrados 2 laterais direitos. Ednei vindo do Veranópolis foi o 3° no ano. Eis aí um exemplo da incapacidade de gestão no futebol COLORADO.

Próximos 2 jogos do INTER sem Damião, Forlan e Caio. E há responsáveis e culpados por esta situação. São eles: Presidente e os 2 Diretores de Futebol (quando lembro deste trio vem sempre a lembrança de um famoso seriado sobre 3 amigos).

Contra o Bahia o 1° fiasco/papelão do Brasileiro/13. Quantos mais haverão? A resposta nas próximas 35 rodadas.

Um grande e forte abraço.






30 de mai de 2013

3 pontos com superioridade absoluta


INTER "matou" o jogo nos minutos iniciais e após administrou a jogo com algumas chances de gols desperdiçadas.

O Criciúma pelo jogo de hoje e pela qualidade do seu plantel de jogadores vai disputar com outros concorrentes diretos o título da permanência na elite do futebol brasileiro.

A goleada de ontem do Vitoria sobre o Náutico em jogo realizado em Recife valorizou o empate do COLORADO no final de semana.

Importante jornal da capital do RS no início da semana deu ênfase para grande vitoria contra o Náutico (jogando em casa) e criticou o time que empatou com o Vitoria (jogando fora de casa). 

Rafael Moura novamente foi o destaque negativo do INTER.

Os gols de hoje ambos foram marcados por jogadores do sistema defensivo. O gol do Moledo foi um típico gol de camisa 9.

Desde os tempos do Clemer que a cada bola recuada ao nosso goleiro que um certo pânico toma conta da torcida COLORADA. Muriel parece que por alguns segundos sofre daquela brincadeira antiga de mandrake e fica paralisado por alguns instantes.

Próximo adversário é o Bahia no centenário. Outro jogo que na teoria os 3 pontos é obrigação.

Na entrevista coletiva do Dunga repórter da RBS fez pergunta indagando se Forlan reclamou ao ser substituído.  Resposta foi nos dedos.

Um grande e forte abraço.

26 de mai de 2013

1 ponto ganho ou 2 perdidos?

O COLORADO iniciou o Brasileiro de 2013 como jogou o de 2012: Em profundo estado de sonolência. 

Os primeiros 15 minutos do jogo contra o Vitória foi um show de erros dos sistema defensivo.

Com a derrota parcial de 2 a zero o INTER foi em busca do que ainda era possível no jogo e conseguiu. Obteve o empate após muita vontade e dedicação.

O COLORADO conquistou 1 ponto.

O INTER pelo atual grupo de jogadores é apenas coadjuvante neste campeonato. A classificação para Libertadores será comemorado como título (assim como faz nosso principal rival quando conquista uma vaga).

O empate foi obtido com importante participação do goleiro do Vitória (entendo que falhou nos 2 gols).

No momento do gol de empate não estavam em campo R.Moura e Vítor Jr.

Falar de R.Moura e Vitor Jr. já é disco arranhado. 

A boa notícia do jogo foi o retorno do Neguinho Fred que ainda não tinha aparecido em 2013.

Acredito que o INTER somente conseguiu empatar o jogo em virtude do poder de indignação do treinador COLORADO.

Empate com o Vitória em Salvador não pode ser considerado um péssimo resultado.

Neste campeonato o torcedor vermelho terá que possuir muito paciência com seu time.

Próximo adversário é o Criciúma no Centenário (nossa atual casa). Pela diferença da folha de pagamento os 3 pontos é obrigação.

Um grande e forte abraço.

5 de mai de 2013

Dono do RS pela 42ª vez.

Jogando muito pouco bola no tempo regulamentar o INTER apenas empatou com o Juventude e conquistou a Taça Farroupilha na decisão nos pênaltis.

Com a conquista da Taça Farroupilha somada com a já conquistada Taça Piratini o COLORADO conquistou o Campeonato Gaúcho de 2013, sagrando-se TRI-Campeão e conquistando o Gauchão pela 42ª vez.

Durante o jogo o Juventude teve um polêmico gol anulado. Até o momento as imagens da TV demonstram que o gol foi legal. Também é possível escutar o apito do Juiz anulando o lance antes do cabeceio do jogador do Juventude.

O INTER da primeira etapa manteve a regularidade do jogo contra o Santa Cruz e não jogou absolutamente nada. Na segunda etapa melhorou mas não o suficiente para vencer o jogo.

O único destaque do COLORADO foi o goleiro Muriel que defendendo um pênalti se transformou no "herói"da conquista.


A inércia da atual direção de futebol do INTER é assustadora. Hoje mais um jogo que ficou escancarada a falta de reservas de qualidade.

No calor do jogo alguns comentários postados no twitter:

- Alguém me explica o que faz Vítor Jr no banco de reservas.

- E a bola entrou no meio do gol (no gol invalidado do Juventude).

- E o Vítor Jr dentro (em resposta ao twett: E o Igor fora do banco).

Quando o coletivo não funciona a responsabilidade é do treinador.

- Muriel evita o gol.

- Folha mensal do Juventude é de R$ 300 mil mês.

- Título com gol do Rafael Moura. Não merecemos isso mas é o que vai acontecer (Dunga optou por Caio e que errou dois gols de cabeça que provavelmente um camisa 9 de profissão não erraria).

- Chute do Fred é popularmente conhecido como "peido de véia".

- Muriel nos pênaltis. Não teremos chances.

- Empate com o Juventude em jogo valendo título é vergonhoso. Time de Série D.

- Nunca torço contra o INTER nem que minha tese seja vencedora.

- Muriel nos 4 pênaltis errou todos os lados. Tem a chance no 5º.

- Muriel Muriel Muriel Muriel Muriel Muriel ....


Com a conquista os jogadores do COLORADO conquistaram alguns dias férias até o jogo contra o Santa Cruz pela Copa do Brasil.

Um grande e forte abraço.

28 de abr de 2013

Dois INTER nos 90 minutos.

Vitória magra de 1 x 0 contra o Veranópolis e COLORADO está na final da Taça Farroupilha contra o Juventude que eliminou o GFPA.

O INTER foi "dois" no mesmo jogo. Na etapa inicial jogou muita bola e o placar de apenas 1 x 0 não refletiu o jogo. Na etapa final um jogo morno, sem emoção e de dar sono.

O que não gostei no INTER de hoje foi o grande desperdício das várias oportunidades de gols.

Muriel hoje foi o pior em campo considerando as duas equipes.

É necessário agradecer e reconhecer o mérito do Professor Luxa que colocou o Gabriel (lateral direita) no INTER. Obrigado Professor.

Até o momento, quase 24 horas após, ainda não foi localizada a bola perdida no chute de André Santos quando da cobrança de pênalti no jogo do Juventude.

O gol vencedor do INTER foi um bucha do Williams.

Pela entrevista do Luigi não foi confirmado que a final do turno contra o Juventude será jogado no Centenário em Caxias. Sou contra a mudança de estádio. Entendo que é um desrespeito ao torcedor COLORADO da Serra que foi aos jogos anteriores.

Na próxima quarta jogamos contra o Santa Cruz contra em Recife. D'Alessadro suspenso não joga. Quem será seu substituto? A resposta está com Dunga. Tenho receio que o escolhido possa ser o Anão2 (conhecido também como Vítor Jr.)

E no próximo domingo COLORADO pode conquistar o Campeonato Gaúcho de 2013.

Um grande e forte abraço.

21 de abr de 2013

Juan garante semifinal

INTER venceu de virada o regular time do Lajeadense numa boa partida de futebol.

O Lajeadense comprovou que o título de "Campeão do Interior" foi mais que merecido.

Não foi um frango de penas na mão, mas Muriel participou da cagada coletiva.

Pela falta de tranqüilidade e a limitada qualidade o Lajeadense desperdiçou algumas oportunidades de contra-ataque no 1˚ tempo.

D'Alessandro merecia ter feito aquele gol que a bola beijou a trave, foi uma batida de bola com maestria. 

Juan pelos gols decisivos merece o título de melhor jogador em campo.

Foi a 1ª vitória de virada na era Dunga.

Eduardo Martini merece jogar num time de maior envergadura no cenário nacional.

Pela TV a ilusão que o público era excelente para um jogo decisivo de quartas de final do Gauchão. O valor dos ingressos foi reduzido e o público total não chegou aos 12 mil. Na minha opinião decepcionou novamente.

Um grande e forte abraço.

14 de abr de 2013

Goleada e Mando de Campo Garantido

Mais uma goleada sobre o Juventude para a alegria do torcedor do COLORADO. O resultado final foi de apenas 4 x 1 e havia tempo e condições para mais gols.

Os jogadores em campo e o treinador não fizeram questão de empilhar mais gols no adversário.

Dunga promoveu substituições que representaram o declínio técnico do time.

Até o gol de empate do Juventude (1 x 1) o sistema defensivo do INTER vazou e de forma preocupante. Muriel evitou alguns gols enquanto o placar estava apenas 1 x 0 para o COLORADO.

O destaque positivo no jogo de hoje, além da atuação do Muriel, foi a dupla de ataque: Fórlan e Damião que fizeram a diferença.

Hoje tivemos um gol COLORADO corretamente anulado e não restou duvidas que o gol foi invalidado com a ajuda externa (audio).

Além da vitória de goleada sobre o Juventude que é uma satisfação aos Torcedores Vermelho, eu particularmente fiquei muito feliz com a permanência do Pelotas na elite do futebol Gaúcho. Agora é torcer na série B do Gauchão pelo acesso do Xavante.

O INTER garantiu o mando de campo nos jogos decisivos da Taça Farroupilha (enquanto permanecer na disputa) e na super final do Gauchão (se houver).

Próximo adversário pelas quartas de final da Taça Farroupilha será o Lajeadense.

Um grande e forte abraço.

7 de abr de 2013

VEC carimbou o uniforme vermelho versão 2013.

Com péssima atuação o INTER perdeu para o Veranópolis por 1 a 0 que manteve sua trajetória de carrasco COLORADO.

O VEC fez seu gol aos 9 minutos do 1˚ tempo em um lance que faltou braço ao mediano goleiro do COLORADO.

O INTER não soube encontrar soluções dentro do campo e somente após os 40 minutos do 2˚ tempo que conseguiu transformar algumas jogadas em oportunidade de gol.

As raras chances de gols do COLORADO somente apareceram após a expulsão de um jogador do Veranópolis.

Nenhum jogador do COLORADO em avaliação individual merece nota superior 5 neste partida.

Dunga fez as substituições possíveis e certas considerando a formação inicial e os jogadores disponíveis no banco de reservas.

Diretor de Futebol e Treinador "choraram" nas entrevistas coletivas pós jogo e "choro" sem razão.

No confronto de quarta-feira contra o Rio Branco entendo que faltou inteligência aos comandantes do INTER. Não era jogo para forçar o 2˚ gol no final do jogo. Naquele momento da partida e considerando a suspensão de Damião por mais um jogo e a expulsão de D'Alessandro a lógica era realizar o jogo de volta conta com o time do Acre.

Próximo jogo-treino pelo Gauchão é contra o Juventude. O vencedor deste confronto terminará o turno em 1˚ lugar nesta chave.

Um grade e forte abraço.

31 de mar de 2013

Um empate e uma vitória na mesma partida e uma homenagem ao Ediglê.

Um empate e uma vitória na mesma partida. Foi um bom jogo de futebol até a expulsão do glorioso Ediglê que foi campeão da Libertadores de 2006 juntamente com Perdigão (na época ambos contratados do XY de Campo Bom).

Abaixo o vídeo histórico que circulou o mundo após a conquista da Libertadores de 2006 e antes dos jogos de Yokohama. Será que o "Dentuço" na época tremeu na base?


O Esportivo enfrentou o INTER de igual para igual até a expulsão do Ediglê e seu gol não aconteceu por sorte de Muriel que viu a bola beijar por duas vezes as traves da sua goleira. Eu costumo dizer que a sorte ajuda os bons.

Logo a após a expulsão de Ediglê, o atacante Caio fez seu 1˚ gol com a camisa do COLORADO. Falando em camisa será que a Nike proibiu o INTER de jogar com sua tradicional camisa vermelha.

O 2˚tempo foi outra partida. Foi treino de ataque x defesa. O Esportivo desistiu do jogo. Se fechou atrás. D'Alessandro fez 2 a 0 em jogada com participação de Caio.

Damião em 2013 joga junto com a ansiedade de fazer gols.

O goleiro do Esportivo foi o destaque do 2˚ tempo. D'Alessandro mais uma vez comandou o time do INTER e organiza praticamente todas as jogadas do INTER.

Próximo jogo é pela Copa do Brasil contra o desconhecido Rio Branco do Acre.

Um grande e forte abraço e uma feliz páscoa.

28 de mar de 2013

Reservas não correspondem novamente.


Independente do campo ser de grama, areia, sintético, campo de borracha, paralepipido, asfalto ou seja lá o que for é obrigação do INTER ganhar do Zequinha. E o time misto do COLORADO apenas empatou sem gols. O jogo foi de "doer de ruim".

Dunga errou na formação inicial do time. Insiste em oferecer oportunidades a jogadores como Gilberto e Vítor Jr.

E a única explicação possível para a utilização do Gilberto e Vítor Jr é com o objetivo de expor a direção de futebolista deixá-los desconfortáveis ou no tal "beco sem saída" junto aos torcedores.

Repetindo o que já ocorreu em outras oportunidades do mesmo campeonato os reservas quando convocados não correspondem. Já tinha sido assim contra o Lajeadense, Cruzeiro e ontem São José.

O Inter teve o domínio completo do jogo e não soube converter em gols. Isso demonstra mais uma vez quem o grupo de 2013 é insuficiente.

Próximo jogo-treino é contra o Esportivo.

Um grande e forte abraço.