4 de dez de 2011

Classificado e Lógica Rasgada

A Supremacia se confirmou no GIGANTE e com gol do D'Alessandro o INTER derrotou seu principal rival e com a ajuda do rebaixado Atlético-PR conquistou a classificação para a Pré-Libertadores de 2012.

- Vitória em clássico é igual propaganda Mastercard. Não tem preço;

- Vitória em clássico com gol de D'Alessandro é Mastercad;

- Classificação para Pré-Libertadores foi conquistada com ajuda da CBF e STJD;

- Ajuda do STJD pela punição e conseqüente "gancho"ao Bolivar;

- Ajuda da CBF porque no jogo decisivo enfrentamos o filho Azul;

- Dorival Júnior hoje foi muito bem. Inclusive no momento decisivo das substituições;

- De lamentar que Índio não fez seu gol, ficou no quase;

- O meu muito obrigado ao "vira-casaca" Rockembach pelo pênalti cometido;

- Tinga outro que foi muito criticado e taxado de ex-atleta (principalmente quando joga na função de armador) hoje jogando na função de volante novamente foi bem e merece todo o reconhecimento;

- Vitor é azarado mesmo, evitou mais gols do COLORADO e mesmo assim perdeu outro clássico;

- Aos azuis que vão chorar e reclamar a derrota por algum motivo. Lembro que: Freguês sempre tem razão;

- Hoje gritei novamente no GIGANTE, Fica Celso Roth !!! A última vez foi na conquista da Libertadores de 2011;

- A imagem que retrata a alegria dos mesmos de sempre:



A imagem que retrata a decepção dos mesmos de sempre:


O INTERNACIONAL rasgou a lógica. Eu não acreditava que ao final do campeonato nossa posição na tabela seria de classificação para a Pre-Libertadores. Em apenas duas rodadas das 37 disputadas até a rodada de hoje o INTER figurou entre os 5 primeiros colocados. E a classificação foi conquistada na última rodada. 

E que as próximas boas notícias sejam relacionadas as obras do projeto GIGANTE PARA SEMPRE.

Um grande e forte abraço.

27 de nov de 2011

DJR erra novamente nas substituições

Perder para o Flamengo ainda mais quando a partida é disputada no Rio de Janeiro é da vida do esporte. Infelizmente perdemos um jogo em que o empate seria considerado um grande resultado e principalmente considerando o atual objetivo que é a classificação para a Libertadores.

O INTER jogou melhor só que não soube converter em gols a sua superioridade em campo. O destaque negativo novamente ficou para o treinador Dorival Júnior que outra vez comprovou toda a sua deficiência quando realiza as substituições. DJR fez três substituições e a cada uma delas conseguia piorar o desempenho coletivo do time.

Como imaginar que Jô pode ser a solução para gols? Neste momento fiquei com a certeza da derrota.

A classificação para a Libertadores depende de uma vitória contra o Porto Alegrense somada a um empate ou derrota do Coritiba contra o Atlético-PR ou uma derrota do Flamengo contra o Vasco.

O INTER até pode se classificar para  a Libertadores com um empate, só que a necessidade de resultados paralelos é igual a probabilidade de ganhar uma mega-sena acumulada, então torcedor vermelho desconsidere esta possibilidade.

Acredito na vitória do INTER no clássico. O duro é depender principalmente do provável rebaixado Atlético-PR.

Merecemos a classificação? Pelo desempenho no campeonato não. Minha vontade e torcida é que sim.

Quero queimar a minha língua, já que disse e afirmei em diversas oportunidades que o INTER em 2012 vai disputar a Copa do Brasil e SulAmericana.

Um grande e forte abraço.

21 de nov de 2011

Ganhou o melhor time

Grande vitória por 2 a 1 para manter o sonho da classificação para Libertadores para 2012. O INTERNACIONAL mais uma vez venceu o Botafogo no Engenhão e desta vez com uma boa atuação coletiva do time COLORADO.

O INTER foi melhor que o adversário e mereceu os 3 pontos. Dorival Júnior manteve o esquema com dois atacantes e que foi fundamental para a vitória.

Muriel que andou compromentendo em jogos anteriores desta vez teve uma atuação acima da média. E mesmo com o gol que sofreu (alguns entendem que falhou - não faço parte desta turma) foi decisivo.

Tinga demontrou que não pode mesmo jogar na função de armador. Hoje na função de volante teve também atuação destacada ao lado de Guinazu que foi o outro volante do time. O problema desta dupla de volantes é a baixa estatura e que compromete nas bolas alçadas na área do COLORADO. Ontem não levamos gols pela bola alta pela ineficiência dos alteltas do Botafogo.

O contestado Bolivar apesar do balãozinho que recebeu dentro da área, também esteve acima da sua média.

Andrezinho mais uma vez mostrou e comprovou que é jogador de 2o tempo. E que através de decreto seja proibido sua titularidade e que entre somente no decorrer do jogo.

Enfim poderia enaltecer a atuação de jogador a jogador na partida de ontem. Esta é mais fiel prova de demonstração de quando e esquema coletivo funciona.

No final do jogo o INTER soube administrar a pressão desesperada do Botafogo.

O próximo jogo é contra o Flamengo no Rio Janeiro e outro resultado positivo é fundamental.

Não é momento de euforia e sim cautela. O time ainda não demonstrou ser confiável ao longo da competição. E que o incentivo financeiro extra continue fazendo efeito.

Repito um dos parágrafo do post do jogo contra o Bahia. E que o INTER continue até o final do campeonato jogando com dois atacantes. Para acontecer milagres além da ajuda divina é necessário que o DJR não atrapalhe com suas decisões equivocadas.

Um grande e forte abraço.

16 de nov de 2011

De diferente apenas a vitória

Valeu pela vitória e principalmente os 3 pontos. Vitória magra de 1 a 0 contra o fraco Bahia. Méritos pela vitória é do torcedor do COLORADO que da tanto reclamar e exigir o 2o atacante foi quem escalou Gilberto e que foi o autor do gol vencedor.

Com a vitória o INTER volta a ficar na porta da classificação para a Libertadores de 2012. Eu continuo com a mesma opinião que não chegaremos.

De diferente no jogo de hoje apenas a vitória. A atuação coletiva do INTER novamente deixou a desejar e Dorival Júnior até o momento é uma decepção como treinador.

A outra grande frustração é o retorno de Bolivar no condição de titular. Qual o motivo? Dizem que foi uma punição para Juan pela expulsão no jogo contra o Fluminense mas na verdade quem está sendo punido é o time do COLORADO e seu torcedor. Bolivar hoje protagnizou um lance de zagueiro açogueiro digno da várzea antiga. Deveria ter sido  expulso e neste mesmo lance houve penalti a favor do Bahia não assinalado pelo juiz.

Falando em penaltis o juiz deixou de assinalar 2 a favor do INTER.

Estamos novamente na 7a posição no campeonato.

E que o INTER continue até o final do campeonato jogando com dois atacantes. Para acontecer milagres além da ajuda divina é necessário que o DJR não atrapallhe com suas decisões equivocadas.

Abraço grande.

13 de nov de 2011

Nenhuma Novidade

Nenhuma novidade, seguindo a lógica o INTER perdeu para o desesperado Cruzeiro por 1 a 0 em uma partida muita disputada e com gols perdidos por ambos os times.

O COLORADO voltou a pagar o preço de jogar com apenas um atacante e não consigo entender porque da insistência de jogar neste esquema que já comprovou toda sua deficiência. 

O INTER não perdeu a classificação a Libertadores no jogo de hoje. O COLORADO começou a perder o título e a classificação já nas duas primeiras rodadas do campeonato.

Dorival Júnior novamente substitui errado e isso já não é nenhuma novidade. Se repete praticamente em todos os jogos.

Na coletiva pós jogo Dorival Júnior se defendeu da utilização do esquema com apenas um atacante, justificando que o clube não possui jogadores suficientes em condições físicas ideais para adotar outra formatação tática. 

Que os erros cometidos no campeonato brasileiro de 2011 sirvam no mínimo de exemplo para o planejamento de 2012. E que os incompetentes dirigentes do atual INTERNACIONAL busquem profissionais gabaritados para fazer os que eles não possuem nenhuma condição de fazer.

E no horizonte do INTERNACIONAL: Copa do Brasil e Sul Americana em 2012.

Abraço grande aos leitores.

6 de nov de 2011

INTER Denorex - parece mas não é.

Definitivamente o time do INTER é DENOREX. Parece que é um grande time. Parece que vai ganhar. Parece que tem o melhor grupo. Parece que tem treinador. Parece que tem goleiro. Parece muita coisa e não é coisa nenhuma.

Mais uma derrota e que foi merecida no GIGANTE, desta vez para o concorrente direto Fluminense.

O INTER entrou em campo sabendo dos resultados paralelos. Uma vitória simples seria suficiente para ingressar no G5 e ficar a apenas 4 pontos dos lideres do campeonato. E os atletas e o treinador tremeram novamente no momento decisivo. No campo o time do COLORADO esteve totalmente descontrolado e sem nenhuma organização tática. 

Dorival Júnior a cada jogo comprova que é um treinador insuficiente. Tem enorme dificuldade de interpretar o jogo em andamento e suas substituições são quase sempre calamitosas e somado a isto o fato de não saber escolher os melhores jogadores para compor o banco de reservas. E insistir em Andrezinho como titular é outro erro grotesco.

Muriel errou novamente e hoje lembrou o folclórico Dirceu Borboleta (personagem da novela Bem Amado).

O milagre da classificação para a Libertadores de 2012 somente pode acontecer com a ajuda do ruim time do Botafogo e que mesmo assim está 5 pontos na frente do COLORADO.

Alguém acredita em milagres? Eu não.

31 de out de 2011

Alma Lavada

Neste domingo junto com um amigo torcedor do Flamengo fui assistir o tão esperado retorno de R10 ao estádio da Azenha. Por este motivo não vou emitir minha opinião sobre o jogo do INTERNACIONAL que não consegui assistir com todos os detalhes necessários para uma manifestação formal.


Sobre o grande jogo realizado na Azenha, todos os cumprimentos aos Amigos Azuis que após um tenebroso início de jogo conseguiram reverter um resultado desfavorável. Ao final do jogo a alegria e alívo estava estampada no rosto de cada torcedor que festejavam a vitória como se um título de grande porte fosse.

Destaque para a guerra de nervos em que R10 foi posto a prova. Entre as diversas provocações ao R10 destaco a imagem abaixo que foi de grande criatividade e que desconheço os autores.


A classificação do COLORADO para Libertadores de 2012 ainda é possível mesmo com todas as dificuldades a serem superadas e uma vitória no próximo domingo sobre o Fluminense que é um adversário direto é fundamental.

Um grande e forte abraço.

23 de out de 2011

Empate Azedo

O filme se repetiu novamente e o INTERNACIONAL não soube fazer  a sua parte em uma rodada em que os resultados paralelos foram ótimos para os objetivos do COLORADO. Empate com gosto amargo de derrota contra o time do Corinthians muito bem armado pelo treinador Titi.

O INTER fez seu gol aos 21 minutos do 2o tempo e por burrice coletiva (time e treinador) desistiu do objetivo de fazer mais gols para administrar a vitória parcial de apenas 1 gol e pagou o preço da mediocridade aos 43 minutos do 2o tempo. 

Dorival Júnior novamente é merecedor de criticas. Não há como compreender a titularidade de Jô e pasmem que ficou no jogo até o término da partida. E o grande responsável pelo COLORADO ter cedido o empate chama-se Muriel.


Na próxima rodada a probabilidade é que a diferença de pontos do último classificado para a Libertadores de 2012 aumente. D'Alessandro, Nei e Rodrigo Moledo todos suspensos não jogam.

Decepcionado com mais um empate.

16 de out de 2011

Vitória da Individualidade de D'Alessandro

Com todo o respeito aos clubes de menor expressão no cenário do futebol a hipótese de perder pontos no GIGANTE para o Avaí é inadmissível. E o INTER do treinador Dorival Júnior somente evitou este fiasco em virtude da manifestação do Torcedor Vermelho que esteve presente ao GIGANTE e principalmente pela individualidade de D'Alessandro.


A vitória de virada por 4 a 2 do COLORADO foi obtida pela qualidade individual de D'Alessandro e não pela organização coletiva do time. Dorival Júnior novamente não soube compor o banco de reservas e as substituições realizadas (Andrezinho e Jô) são méritos do Torcedor Vermelho.

Vou tentar explicar a atuação de Jô da seguinte forma: Sabe quando você é criança e que no seu time tem aquele amigo que não sabe jogar bola e que sua ruindade destoa quando comparada a todos os demais em campo, este é Jô sem nenhum exagero. Jô recebeu um excelente cruzamento e que no lugar de cabecear tentou fazer o gol com os pés, imaginem que lance bizarro e não estou exagerando não.

E Guiñazu que recebe muitas criticas pelas faltas desnecessárias, hoje novamente fez outra só que desta vez dentro da área (pênalti).  

E o mito dos gols de falta (o improdutivo Andrezinho) hoje finalmente foi por água abaixo.


Terminou mais uma rodada e continuamos em 7o lugar e 3 pontos ainda nos separam da zona da classificação da Libertadores da América. 

Que na próxima rodada no GIGANTE em jogo contra o Globinthians que o time entre em campo com o "brilho no olho"e com o "tesão da vitória" pois a vitória é uma obrigação principalmente pela atual rivalidade entre as duas torcidas.

E analisando os 8 jogos que ainda restam ao INTERNACIONAL não resta nenhuma dúvida que o COLORADO é quem vai ser o fiel da balança na reta final do campeonato. Enfrentamos ainda no GIGANTE (Globinthians e Fluminense) e fora de casa (Flaglobo e Botafogo).

Um grande e forte abraço.

12 de out de 2011

Empate Amargo

Mais uma vez o velho ditado pode ser mencionado, "O medo de perder foi maior que a vontade de vencer." Empate sem gols com o grande São Paulo na Arena Barueri. Resultado péssimo para as declaradas pretensões do INTERNACIONAL.  

O treinador Dorival Júnior não teve coragem de buscar a vitória ou novamente como em jogos passados não soube usar a prerrogativa das substituições a seu favor.

Temos zagueiro e chama-se Rodrigo Moledo que foi perfeito no jogo e marcou nada menos que Luis Fabiano que é um dos melhores camisa 9 do Mundo.


D'Alessandro e Andrezinho comprovaram a lógica e retrospecto, o Argentino jogou muito bem já o Andrezinho não jogou nada como de costume. Ilsinho é outro que vem decepcionando. Delatorre mais uma vez demonstrou que no momento não possui nenhuma condição de estar no grupo principal e seu futuro como atleta de alto nível é duvidoso.

Que o devagar quase parado presidente Luigi, renova imediatamente o contrato de João Paulo para que possa assumir a titularidade definitivamente, não tenho nenhuma dúvida que este é o motivo que mantém Andrezinho de titular no time. 

E a cada rodada, a tendência da Copa do Brasil e SulAmericana em 2012 vai se confirmando.

A alegria da tarde foi poder escrever Fica Celso Roth! Fica Celso Roth!
Decepcionado com a falta de ambição de DJR. Um grande e forte abraço.

10 de out de 2011

BraPel 349 - Flauta do Vencedor

Por Felipe Piltcher


Sabe quando vamos a um velório e não sabemos o que dizer para os familiares do falecido? pois é assim que me sinto quando falo com nossos coco-irmãos, pena, porque vinham se dizendo "a torcida que mais cresce", "torcida que canta 90 minutos" e muito mais, e tudo que vimos foi uma torcida que não é capaz de lotar a sua parte do estadio, mesmo sendo mandante, e que passou o 2 tempo INTEIRO calada, tudo que fez foi arrumar briga com a brigada, e ainda apanhou... por isso digo que se eu fosse Pelotas hoje, - algo impossível- eu estaria escondido, morrendo de vergonha, BraPel tem graça só porque passamos um largo tempo sem um, mas a o jogo em sí nao tem mais graça, ja que a última vez que perdemos na Boquita Del Lobón, eu quase não era nascido, e mais, uma torcida que apela pra musicas ofensivas a alguem que já faleceu, não merece meu respeito, a turma da xuxa ainda acha que tem direito de se comparar a nós. Ficam brabos porque nossos jogadores deram volta olímpica para "provocar" a torcida deles, mas das flechadas e das musiquinhas elas não comentam. A 'macacada" mais uma vez deu show e humilhou torcida e time aureo-cerúleo, ai ai, é bom ser XAVANTE,  como dizem meus grandes, O CHORO É LIVRE! hahaha, essa cidade tem dono, e ele ta na periferia com MUITO ORGULHO, cada vez que tentam me ofender dizendo que sou da macacada, ou chinelo, eu sinto um orgulho no peito, pois não sou mais um desses prepotentes da avenida.. sinto muito mas tenho ORGULHO de ser da VÁRZEA, abraços e saudações XAVANTES.

Show Vermelho no GIGANTE

Há se fosse sempre assim!

O INTER fez um grande partida e ganhou do Vasco por 3 a 0 e o placar não foi mais elástico graças ao goleiro do clube da Cruz de Malta. D'Alessandro foi disparado o melhor em campo. O esquema de jogo do COLORADO encaixou e assim o sistema coletivo funcionou. Todo reconhecimento ao treinador Dorival Júnior.


A vitória de hoje serviu ainda para confirmar algumas verdades:
- D'Alessandro é o maestro do time e o melhor jogador do Rio Grande do Sul;
- Kleber quando quer é um excelente lateral esquerdo;
- Índio mesmo veterano parece ser melhor que o jovem Juan;
- Bolatti deve ser titular;
- Elton e Guina devem disputar a mesma vaga no meio campo;
- Andrezinho deve ser reserva de João Paulo que hoje mostrou que é melhor;
- Jô não existe.

E hoje minha indignação e rejeição com Celso Juarez Roth aumentou ainda mais vendo em campo o Alecsandro, lembrei que ele foi titular durante todo o ano de 2010 mesmo com toda rejeição do torcedor vermelho. O centroavante do Vasco mostrou hoje novamente como não deve jogar um camisa 9, e repetiu sua característica de estar sempre escondido atrás dos zagueiros.

Mesmo com a excelente vitória o INTER permanece na 7a posição e a 3 pontos de distância do G5. Para mudar sua sorte no campeonato é imprescindível que nos próximos 3 jogos (São Paulo (f), Avai (c) e Corinthians (c)) conquiste os 9 pontos e quebre sua própria lógica até o momento no campeonato. 

No momento permanecemos na Copa do Brasil e SulAmericana em 2012.
Hoje com a alma lavada. Um grande e forte abraço.

2 de out de 2011

Derrota para confirmar a lógica

Mais uma derrota no Brasileiro de 2011. Desta vez foi de 2 a 0 para o fraco time do Atlético-PR e que no momento se encontra na zona do rebaixamento e pasmem treinado pelo defasado treinador Antonio Lopes.

O técnico Dorival Júnior voltou a errar em larga escala. Errou na escolha dos atletas selecionados, errou na formação inicial, errou nas substituições, errou no esquema tático e não foi possível ver nada de positivo no seu time.


E o pior é que o contrato com o treinador DJR expira somente em 31/12/2012. E com apenas 2 meses no comando do INTER já sei que será demitido antes do término do contrato. Depois os dirigentes desconhecem os motivos do déficit financeiro do clube.

O único dos atletas em campo que foi razoável atende pelo nome de D'Alessandro, aos demais se fosse dar notas individuais seriam entre 4 e ZERO.

Ao Oscar que ainda não voltou da seleção sub20 que fique afastado do time por 10 dias para se recuperar fisicamente. Seu futebol apresentado nos últimos jogos é digno de jogador varzeano.

A derrota de hoje apenas selou ou confirmou o destino do COLORADO neste campeonato. Vamos disputar a Copa do Brasil e SulAmericana em 2012. Isso não é achismo e sim a lógica (que inclusive já demonstrei com números em textos anteriores).

E continuo firme e forte com minha opinião que: Lauro, Bolivar, Índio, Guinazu, Tinga, Andrezinho, Ricardo Goulart, Jô e Alex não podem jogar no INTERNACIONAL. E a tendência é que até o final do campeonato esta lista esteja com mais nomes. Na derrota de hoje tivemos em campo 5 destes jogadores, praticamente metade do time. 

E o campeonato na parte de cima da tabela pegando fogo e o meu INTER apenas como coadjuvante olhando de binóculo a briga dos verdadeiros postulantes ao título e a classificação da Libertadores.

A matemática do desempenho do COLORADO larguei de mão, estava demonstrando apenas para confirmar a tese da lógica e que hoje foi o jogo da confirmação.

Próximo jogo é no GIGANTE contra o Vasco. Só o que nos resta é perder em casa com gol do ALECONE. Aí o castigo de 2011 estará completo.

Indignado com mais uma derrota. Até o próximo jogo.

25 de set de 2011

Valeu pelos 3 pontos

Valeu pelos 3 pontos (venceu e não convenceu). O COLORADO venceu o Galo Mineiro no GIGANTE por 2 a 1 com gols de Bolatti e Fabrício. A vitória foi fundamental para manter o INTERNACIONAL na luta pela classificação na Libertadores de 2012. No momento apenas 1 ponto volta a separar o INTER do Fluminense que é o último dos classificados no chamado G5.

O ataque vermelho hoje deixou a desejar, Jô e Dellatorre deixaram de "matar" o jogo e encaminhar uma vitória com mais tranqüilidade. O treinador Dorival Júnior errou novamente nas substituições e ficou comprovado na sua coletiva pós jogo onde apresentou muitas justificativas para suas decisões. D'Alessandro não pode ser substituído por Ricardo Goulart em hipótese alguma.

Rodrigo Moledo expulso no jogo mais Kleber e Andrezinho pelo terceiro cartão amarelo estão todos suspensos para a próxima partida. Para desespero do torcedor vermelho existe enormes riscos de Bolivar e Tinga voltarem ao time. Alguém sabe explicar por qual razão Guinazu comete tantas faltas desnecessárias? 


Após a vitória contra o Galo, a matemática é:
- no campeonato é de 51% (26 rodadas)
- no 1o turno foi de 47% (19 rodadas)
- no 2o turno é de 62% (7 rodadas). Nas 7 rodadas do 1o turno o aproveitamento foi de 57%.


O desempenho do INTER de Dorival Júnior é muito melhor que a atuação coletiva do time COLORADO. Somos totalmente dependentes de jogadas individuais de alguns dos bons jogadores do time.

O próximo confronto é contra o desesperado Atlético-PR e pelas atitudes e decisões de DJR até o momento a probabilidade é que joguem: Bolivar, Tinga e Guinazu e com estes três em campo as chances de um resultado positivo reduzem e muito.

Infelizmente, continuamos na Copa do Brasil e SulAmericana em 2012.

Um grande e forte abraço.

22 de set de 2011

Sofrendo de empatite

Estamos sofrendo de empatite. Empatar com o Figueirense em Florianópolis não é daqules resultados considerados ruins e o empate foi justo. Ruim foi os pontos perdidos no GIGANTE para times de poucas expressão e medianos ou fracos.

Até o momento o Dorival Júnior vem decepcionando. Seu principal erro é insistir com Andrezinho de titular e seu maior acerto que foi o ingresso de Moledo no lugar do Bolivar não é mérito seu.

Muriel fez outra vez uma excelente partida só que no gol sofrido a bola foi plenamente defensável. E Oscar em que o torcedor vermelho deposita muita esperança novamente deixou e muito a desejar e perdeu um gol praticamente feito, daqules que os pernas de pau dizem: "este até eu fazia".

Volto a repetir que um time que vai terminar o campeonato em uma posição de destaque, no mímimo na zona de classificação para Libertadores, não deixa de ganhar o jogo de hoje. Teve chances e não matou o jogo novamente.

A matemática após mais um empate é:
- no campeonato é de 49% (25 rodadas)
- no 1o turno foi de 47% (19 rodadas)
- no 2o turno é de 55% (6 rodadas). Nas 6 rodadas do 1o turno o aproveitamento foi de 50%.
Com a vitória de hoje, para terminar o campeonato com 60% de aproveitamento é necessário obter o aproveitamento de 79% nas 13 partidas restantes. O próximo confronto é contra o Atlético-MG no GIGANTE.

A diferença no momento para o último classificado para a Libertadores que é o Fluminense após a rodade de hoje é de 4 pontos.

A cada rodada a lógica se confirma, em 2012 Copa do Brasil e SulAmericana. Minha esperança é que a lógica vá para aquele lugar.

Um grande e forte abraço.

18 de set de 2011

Oportunidade Desperdiçada

Mais um resultado negativo no GIGANTE no Brasileiro de 2011. Empate em 1 gol com o mediano time do Coritiba. Podemos considerar que o jogo iniciou com o placar de 1 a 0 para COLORADO e depois no decorrer da partida o time do INTER exagerou na quantidade de gols desperdiçados inclusive uma penalidade máxima. Um placar elástico ao final da partida não seria nenhum exagero.

Quando o juiz apitou o início da partida, o time do COLORADO sabia que uma vitória simples colocaria o time momentaneamente na zona de classificação para a Libertadores de 2012. O time não teve competência para fazer a sua parte dentro das 4 linhas.

É por oportunidades desperdiçadas como a de hoje que a tendência para 2012 é de disputar a Copa do Brasil e SulAmericana. Um time que vai chegar no final do campeonato em uma posição de destaque ganha uma partida como a de hoje independente da atuação do time ser boa ou ruim.

O treinador do INTERNACIONAL em minha opinião hoje errou na formação inicial e também nas substituições. No meu time considerado ideal, Bolivar, Indio, Guinazu, Tinga e Andrezinho jamais seriam titulares.

Mantendo a matemática em dia, o desempenho do COLORADO até o momento é:

- no campeonato é de 50% (24 rodadas)
- no 1o turno foi de 47% (19 rodadas)
- no 2o turno é de 60% (5 rodadas). Nas 5 rodadas do 1o turno o aproveitamento foi de 40%.
Com a vitória de hoje, para terminar o campeonato com 60% de aproveitamento é necessário obter o aproveitamento de 76% nas 14 partidas restantes. O próximo confronto é contra o Figueirense em Florianópolis.

Com 24 rodadas o líder (Vasco) do campeonato está com aproveitamento de 63% e o último (Fluminense) dos classificados a Libertadores no momento possuí aproveitamento de 51%.

É possível chegar na Liberadores de 2012? Claro que sim e estamos a apenas 1 ponto do Fluminense. No momento, infelizmente, permanecemos na Copa do Brasil e SulAmericana em 2012.

Um grande e forte abraço.

15 de set de 2011

Parabéns ao Rival GFPA

Aos meus AMIGOS AZUIS, parabéns pelo aniversário de 108 anos do Gremio Foot-Ball Porto Alegrense. Que continuem fortes e competitivos para que nossa rivalidade continue viva por muitos mais anos. Sabemos (azuis e vermelhos) como é bom ganhar Gre-Nal.


Um grande e forte abraço, hoje em especial ao torcedor tricolor.

12 de set de 2011

Dá Série Mastercard - Não Tem Preço !!!

Obrigado Damigol.



Realmente, NÃO TEM PREÇO !!!
Um grande e forte abraço.

11 de set de 2011

Damigol detona Palmeiras de Scolari

Grande vitória do COLORADO sobre o Palmeiras de Felipe Scolori. Damigol fez a toda a diferença e Muriel de atuação segura também merece o reconhecimento. Resultado elástico de 3 a 0 em pleno Pacaembu (SP).

O Resultado final não reflete o que foi o jogo. O trio de armadores (D'Alessandro, Oscar e Andrezinho) não funcionou e o sistema defensivo do INTERNACIONAL foi pressionado e o Palmeiras abusou da incompetência nas finalizações.

Hoje Dorival Júnior merece o reconhecimento e elogios. Viu o jogo corretamente e suas substituições surtiram efeitos positivos.

Já que pelas palavras do próprio DJR o retorno de Bolivar ao time titular depende somente da própria vontade do atleta, que as redes sociais mantenham a campanha de "Bolivar Fora" e que o zagueiro continue brabinho e permaneça de greve e longe do time titular.

Hoje toda babação de ovo ao Damigol será pouca.


Mantendo os cálculos atualizados:
O desempenho do COLORADO até o momento é:

- no campeonato é de 51% (23 rodadas)
- no 1o turno foi de 47% (19 rodadas)
- no 2o turno é de 67% (4 rodadas). Nas 4 rodadas do 1o turno o aproveitamento foi de 42%.

Com a vitória de hoje, para terminar o campeonato com 60% de aproveitamento é necessário obter o aproveitamento de 73% nas 15 partidas restantes. O próximo confronto é contra o Coritiba no GIGANTE.

Com 23 rodadas o líder (Corinthians) do campeonato está com aproveitamento de 65% e o último (Fluminense) dos classificados a Libertadores no momento possuí aproveitamento de 56%.

Ver a cara de chorão Felipão Scolari tomando 3 na cola, NÃO TEM PREÇO!!!.
Ainda na Copa do Brasil e SulAmericana em 2012.
Um grande e forte abraço.

7 de set de 2011

Deu a Lógica

Hoje no Gigante deu a lógica e o COLORADO ganhou  do lanterna América-MG por 4 x 2, repeteco do placar do 1o turno. Para quem foi ao jogo foi um boa partida. O INTERNACIONAL liquidou com o adversários nos primeiros 15 minutos e depois administrou o jogo.

Dorival Jr. adotou hoje ao esquema com 3 armadores e apenas 1 atacante de ofício e funcionou relativamente bem. A nova dupla de zagueiros ainda não convenceu. A impressão da vez é que somados todos os atuais zagueiros do atual grupo e possível não conseguir fazer um.


Entendo que temos a necessidade de encontrar um centro-médio de ofício, um camisa 5 de carteirinha, para dar a proteção necessária ao sistema defensivo e que este jogador seja também muito bom na bola aérea. Este camisa 5 é para lugar de Guinazu já que Elton hoje é titular inquestionável no meio campo.

Hoje a administração do INTERNACIONAL merece os parabéns pela decisão da redução dos preços dos ingressos. Esta ação foi a responsável pelo público de quase 30 mil hoje no GIGANTE.

O desempenho do COLORADO até o momento é:
- no campeonato é de 48% (22 rodadas)
- no 1o turno foi de 47% (19 rodadas)
- no 2o turno é de 56% (3 rodadas). Nas 3 rodadas do 1o turno o aproveitamento foi de 44%.

Com a vitória de hoje, para terminar o campeonato com 60% de aproveitamento é necessário obter o aproveitamento de 75% nas 16 partidas restantes. O próximo confronto é contra o Palmeiras e fora de casa.

Sobre Bolivar vou apenas dizer que no momento merece ser suplente (RESERVA) e que deve estar a disposição do INTERNACIONAL e do treinador para quando for convocado para jogar ou sentar na casa-mata, simples assim. E nada desta história do atleta decidir quando vai voltar, nesta situação vale o velho ditado que diz: "poste mijando no cachorro".

Infelizmente, no momento continuamos na Copa do Brasil e SulAmericana em 2012.
Um grande e forte abraço.

5 de set de 2011

Apelando para a lógica

Ontem em virtude do BraPel assisti somente ao 2o tempo do jogo do INTERNACIONAL contra o Ceará e depois olhei o compacto do jogo. Não tenho nada a lamentar, o empate foi um resultado justo. Não vou chorar o gol incrivelmente desperdiçado pelo Jô. Ambas as equipes poderiam ter vencido o jogo.

O que eu não consigo entender é como um treinador profissional e que recebe uma verdadeira fortuna a cada 30 dias pode substituir Oscar por Alex. Isso é simplesmente inexplicavel.

E para terminar com terminologia da "convicção" do "eu acho" ou "tenho certeza" vou apelar para lógica dos números para comprovar que o COLORADO em 2012 vai disputar a Copa do Brasil e SulAmericana. Vejamos:

- de 63 pontos disputados fez 29 pontos (46% de aproveitamento),
- no 1o turno de 57 pontos fez 27 pontos (47% de aproveitamento),
- no 2o turno (2 partidas até o momento) de 6 pontos fez apenas 2 pontos (33% de aproveitamento).

Considerando que para garantir a libertadores de 2012 é necessário 60% de aproveitamento no campeonato, os seja, dos 114 pontos precisará obter 68 pontos.

Com base nesta premissa de terminar o campeonato com 60% é necessário que nas 17 partidas restantes (51 pontos em disputa) o COLORADO consiga 39 pontos, equivalente a um desempenho de 76,5%.

Para facilitar o entendimento de como obter 76,5% de aproveitamento em 17 partidas, é preciso obter o seguinte desempenho dentro das 4 linhas:
- 13 vitórias e 4 derrotas em 17 partidas, ou
- 11 vitórias e 6 empates em 17 partidas


Como em breve vai começar as reportagens onde os "matemáticos" vão calcular as probabilidades de cada time de para: Campeão; classificação na Libertores; classificação na SulAmericana; e fuga do rebaixamento. Seja simples e objetivo, veja o desempenho do seu time até aquele momento do campeonato e considere que com muita sorte vai manter o mesmo. Esta será a posição do seu time no final do campeonato.

E que os comandantes do futebol do COLORADO sejam inteligentes e usem o restante do campeonato para definir os titulares e reservas de 2012 e principalmente para fazer a lista de dispensas. Se precisarem de ajuda podem me escrever que faço gratuitamente.

Independente do campeonato já ter terminado para o INTERNACIONAL manterei minha condição de torcedor e a rotina de ir ao GIGANTE vibrar e torcer por vitórias do nosso COLORADO.

Um grande e forte abraço aos leitores.

BraPel por Felipe Piltcher

Por Felipe Piltcher

E mais uma vez foi comprovada a SUPERIORIDADE do time da baxada, e de sua FANÁTICA torcida, se é que podemos comparar o carnaval rubro-negro nas arquibancadas com aquele frevo que foi demonstrado pela barrinha que tenta imitar os times argentinos !! Sinceramente eu não sei o que dizer porque ao mesmo tempo que me orgulho do meu time eu tenho vontade de rir de torcedores do lobogay que antes do clássico entravam donos de sí em sites, prometendo quebrar tudo, e que iriam bater em todo mundo, no fim não fizerram nada, ficaram lá cantando musiquinhas da xuxa, e mesmo assim se achando os super heróis, e para piorar na saída brigaram entre sí e sairam ao som de : " AH QUE ISSO ELAS ESTÃO DESCONTROLADAS!!". Quero aproveitar a oportunidade pra agradecer toda a torcida Rubro-Negra que sem comparações, é a maior do interior e mais fanática do MUNDO, única torcida do interior que consegue sobreviver ao futebol moderno, onde infelizmente pirotecnia é crime por exemplo, e cada vez mais um torcedor é feito pela mídia, cada vez mais tenho orgulho do meu XAVANTE, e me emociona só pensar naquela torcida linda e apaixonada, que comove qualquer coração torcedor, gremista, colorado, grená ou seja la qual o time do sujeito, ele há de se comover com a torcida do BRASIL, agora pergundo a turma da xuxa, quem ia nos abafar?? e quem ia lotar todos os 3500 lugares disponibilizados para a torcida que envergonha a cidade de pelotas !? agora quero saber também quantos anos vai durar esse tabu que hoje tem 9 anos de superioridade rubro-negra! PELOTIBIS, NUNCA SERÃO ! 

4 de set de 2011

Clássico Xavante x Lobão (BraPel)

Mantendo a tradição dos grandes clássicos o BraPel  deste domingo teve todos os ingredientes: estádio lotado, torcidas animadas e vibrantes, muita transpiração, oportunidade de vitória para ambos os times, gols despediçados, treinadores a beira de um ataque de nervos e o jogo decidido no detalhe. Brasil 1 x 0 Pelotas.

O Pelotas foi melhor no 1º tempo só que sua superioridade não foi verticalizada em direção ao gol do Xavante. No intervalo do jogo o folclórico treinador do Xavante arrumou o meio campo do Brasil e equilibrou o jogo. O Pelotas desperdiçou ataques perigosos pela incompetência dos seus atacantes. O goleiro do Pelotas fez uma grande defesa no 2º tempo. O jogo estava equilibrado e se encaminhava para o empate quanto o Athos fez bonito gol batendo de chapa. Após o gol do Xavante o Pelotas se atirou ao ataque e desperdiçou a chance de empatar em um gol incrivelmente perdido.

Com o gol a torcida do Xavante que ao longo do jogo sentiu o equilíbrio da partida soltou o grito e fez a festa cantando e muito nos minutos finais da partida.
O treinador do Xavante foi um show a parte do clássico. Sérgio Ramirez se comunica com seus atletas através de megafone adaptado com um cone de transito e na comemoração do gol do seu time subiu no alambrado e vibrou junto ao torcedor como um fanático.

O time do Pelotas fez uma boa partida e não deve fazer terra arrasada com a derrota. Deve sim buscar o aperfeiçoamento nos treinamentos e se preparar para o jogo da volta. O torcedor do Lobão encarou de igual para igual o fanático torcedor Xavante. Parabéns a ambas torcidas pelo bonito espetáculo proporcionado.

Compacto do Jogo


Recomendo aqueles que gostam de futebol e que possuem condições, que ver um clássico BraPel ao vivo é uma obrigação. O de hoje foi meu terceiro e o Xavante está invicto com 3 vitórias.
Um grande e forte abraço aos leitores.

BraPel por Rodrigo Soares

Por Rodrigo Soares

Durante o primeiro tempo, o time do pelotas, jogando fora de casa, controlava o jogo com várias chances claras de gol, porém faltava o arremate. O primeiro tempo acaba 0x0, com o Pelotas no comando da partida. No segundo tempo, o jogo se tornou mais parelho, ambas as equipes criando lances perigosos, e nada de gols. No final do segundo tempo, em um lance originado de uma falta sem bola, o Pelotas sofre o gol. Como dizem, no futebol nem sempre o melhor vence, nem sempre o placar resume a partida. O jogo termina e o Brasil ganha de 1x0.


Não posso deixar de ressaltar o comportamento lamentável e covarde de vários torcedores do Brasil. A torcida do Brasil se resume em cantar quando o jogo começa, na hora do gol, e no final da partida. E quando a torcida do Pelotas estava indo em direção ao portão de saída, começaram a arremeçar pedras da arquibancada (pedaços da arquibancada, devido ao estado deprimente do estádio), o que acabou por acertar uma senhora de idade. O Brasil jogou em casa e ganhou apertado por 1x0, depois disso queria lembrar que terá o jogo de volta, na Boca do Lobo, e la será diferente, pois toda ação gera uma reação.

Abração

Rodrigo Soares

BraPel por Alemão Weymar

Por Alemão Weymar


Boa noite !

Acabamos de chegar de mais um clássico BRApel,onde o Xavante passou por cima do lobogay,com um golaço do camisa 10 e capitão Athos aos 41 minutos do segundo tempo.Des das 8 da manhã a torcida xavante já fazia festa no estádio Bento Freitas,com churrasco na frente do estádio e muito mais....na chegada da delegação foi uma grande festa e depois faltou lugar para torcida rubro negra dentro do estádio,afinal pra cada 10 Rubro negros tem 2 pelotas na cidade.A torcida fez um espetáculo a parte,deixando as lobobixas caladas.Após o apito do árbitro a festa continuo dentro do caldeirão e pelas ruas da cidade,afinal faz 8 anos que não perdemos um BRApel.....o fregues voltou.....
Alemão Weymar

1 de set de 2011

BraPel Histórico - Brasil 100 anos

No próximo domingo, dia 4/9, no Bento Freitas haverá mais um clássico Bra-Pel. O último foi disputado há praticamente 5 anos. Ambos estão com sede de vitória para este confronto que será histórico. É o clássico de aniversário do centenário do Brasil e o Pelotas pretende colocar água no chopp da festa. O Xavante defende uma invencibilidade de 8 partidas (informação no twitter do Alemão Weymar).

A rivalidade entre estes clubes é enorme. Já tive a oportunidade de assistir ao clássico em ambas as torcidas. E nos dois clássicos que fui o Xavante foi melhor e venceu. Ambos foram realizados na Boca do Lobo pela campeonato citadino de 2004.

Para o clássico deste domingo convidei 4 jovens torcedores para escrever no blog após o jogo. São dois torcedores do Xavante e dois torcedores do Lobo. São eles:

Felipe Piltcher (@felipepiltcher - torcedor do Xavante)
Luiz Otávio Weymar (twitter @alemao_weymar1 - torcedor do Xavante)
Matheus Borges (@matheussborges - torcedor do Lobo)
Rodrigo Oliveira Soares (@soaressrodrigo - torcedor do Lobo)

Que vença o melhor em campo, que o clássico seja marcado pela paz entre as torcidas, que o ganhador abuse da flauta com elegância, que não haja preconceitos e que o perdedor faça o desafio para o jogo da volta que será disputado na Boca do Lobo.

Eu estarei presente no clássico e também irei postar meu comentário após a manifestação dos convidados.

Um grande e forte abraço em especial aos torcedores da dupla BRAPEL.

Muita Irritação

Boa noite, caros Leitores.
Quero em primeiro lugar admitir que o Nei está passando por uma fase boa e não mais compromete pelo lado direito, pelo contrário.... Há alguns jogos tem ajudado muito nosso time...

Só tenho uma coisa pra falar, pedir, expressar, solicitar, implorar.... E isso tem que ser publicamente..



FORA BOLÍVAR!!!!

Estaremos na libertadores de 2013, pois seguindo a seguindo a seqüência de conquistas pela segunda vez, o bi da Sul Americana de 2012 é nosso!

Bolivar "tele-entrega"

Placar final 3 a 3. Grande jogo? Não e sim gigantescos erros do sistema defensivo do COLORADO. Após o INTERNACIONAL estar vencendo por 3 x 0 conseguiu a proeza de entregar o empate em 15 minutos.

Bolivar hoje fez um gol e sofreu um penalti e no quesito ataque digamos que foi muito bem. Na defesa aquele que se considera "General" foi um terror e na minha opinião errou nos três gols sofridos pelo COLORADO.

A única boa notícia do jogo é que o Bolivar e Índio estão suspensos para a próxima partida do INTERNACIONAL. Acredito que sem a dupla de zagueiros veteranos a chance de vencer aumenta e muito na próxima partida.

A outra impressão que passa é que a preparação física do INTERNACIONAL está comprometendo, principalmente na segunda metade do 2° tempo.

Nei merece o reconhecimento por mais uma boa atuação.

Dorival Júnior merece criticas pelo empate cedido? Estou em dúvidas mas tendo a achar que hoje não. Minha expectativa é a RENOVAÇÃO seja a missão do treinador para o restante do campeonato e que em 2012 se tenha um novo time e principalmente uma nova dupla de zagueiros.

A cada partida a Copa do Brasil e Sul Americana em 2012 é uma certeza absoluta.
Um grande e forte abraço.