28 de abr de 2013

Dois INTER nos 90 minutos.

Vitória magra de 1 x 0 contra o Veranópolis e COLORADO está na final da Taça Farroupilha contra o Juventude que eliminou o GFPA.

O INTER foi "dois" no mesmo jogo. Na etapa inicial jogou muita bola e o placar de apenas 1 x 0 não refletiu o jogo. Na etapa final um jogo morno, sem emoção e de dar sono.

O que não gostei no INTER de hoje foi o grande desperdício das várias oportunidades de gols.

Muriel hoje foi o pior em campo considerando as duas equipes.

É necessário agradecer e reconhecer o mérito do Professor Luxa que colocou o Gabriel (lateral direita) no INTER. Obrigado Professor.

Até o momento, quase 24 horas após, ainda não foi localizada a bola perdida no chute de André Santos quando da cobrança de pênalti no jogo do Juventude.

O gol vencedor do INTER foi um bucha do Williams.

Pela entrevista do Luigi não foi confirmado que a final do turno contra o Juventude será jogado no Centenário em Caxias. Sou contra a mudança de estádio. Entendo que é um desrespeito ao torcedor COLORADO da Serra que foi aos jogos anteriores.

Na próxima quarta jogamos contra o Santa Cruz contra em Recife. D'Alessadro suspenso não joga. Quem será seu substituto? A resposta está com Dunga. Tenho receio que o escolhido possa ser o Anão2 (conhecido também como Vítor Jr.)

E no próximo domingo COLORADO pode conquistar o Campeonato Gaúcho de 2013.

Um grande e forte abraço.

21 de abr de 2013

Juan garante semifinal

INTER venceu de virada o regular time do Lajeadense numa boa partida de futebol.

O Lajeadense comprovou que o título de "Campeão do Interior" foi mais que merecido.

Não foi um frango de penas na mão, mas Muriel participou da cagada coletiva.

Pela falta de tranqüilidade e a limitada qualidade o Lajeadense desperdiçou algumas oportunidades de contra-ataque no 1˚ tempo.

D'Alessandro merecia ter feito aquele gol que a bola beijou a trave, foi uma batida de bola com maestria. 

Juan pelos gols decisivos merece o título de melhor jogador em campo.

Foi a 1ª vitória de virada na era Dunga.

Eduardo Martini merece jogar num time de maior envergadura no cenário nacional.

Pela TV a ilusão que o público era excelente para um jogo decisivo de quartas de final do Gauchão. O valor dos ingressos foi reduzido e o público total não chegou aos 12 mil. Na minha opinião decepcionou novamente.

Um grande e forte abraço.

14 de abr de 2013

Goleada e Mando de Campo Garantido

Mais uma goleada sobre o Juventude para a alegria do torcedor do COLORADO. O resultado final foi de apenas 4 x 1 e havia tempo e condições para mais gols.

Os jogadores em campo e o treinador não fizeram questão de empilhar mais gols no adversário.

Dunga promoveu substituições que representaram o declínio técnico do time.

Até o gol de empate do Juventude (1 x 1) o sistema defensivo do INTER vazou e de forma preocupante. Muriel evitou alguns gols enquanto o placar estava apenas 1 x 0 para o COLORADO.

O destaque positivo no jogo de hoje, além da atuação do Muriel, foi a dupla de ataque: Fórlan e Damião que fizeram a diferença.

Hoje tivemos um gol COLORADO corretamente anulado e não restou duvidas que o gol foi invalidado com a ajuda externa (audio).

Além da vitória de goleada sobre o Juventude que é uma satisfação aos Torcedores Vermelho, eu particularmente fiquei muito feliz com a permanência do Pelotas na elite do futebol Gaúcho. Agora é torcer na série B do Gauchão pelo acesso do Xavante.

O INTER garantiu o mando de campo nos jogos decisivos da Taça Farroupilha (enquanto permanecer na disputa) e na super final do Gauchão (se houver).

Próximo adversário pelas quartas de final da Taça Farroupilha será o Lajeadense.

Um grande e forte abraço.

7 de abr de 2013

VEC carimbou o uniforme vermelho versão 2013.

Com péssima atuação o INTER perdeu para o Veranópolis por 1 a 0 que manteve sua trajetória de carrasco COLORADO.

O VEC fez seu gol aos 9 minutos do 1˚ tempo em um lance que faltou braço ao mediano goleiro do COLORADO.

O INTER não soube encontrar soluções dentro do campo e somente após os 40 minutos do 2˚ tempo que conseguiu transformar algumas jogadas em oportunidade de gol.

As raras chances de gols do COLORADO somente apareceram após a expulsão de um jogador do Veranópolis.

Nenhum jogador do COLORADO em avaliação individual merece nota superior 5 neste partida.

Dunga fez as substituições possíveis e certas considerando a formação inicial e os jogadores disponíveis no banco de reservas.

Diretor de Futebol e Treinador "choraram" nas entrevistas coletivas pós jogo e "choro" sem razão.

No confronto de quarta-feira contra o Rio Branco entendo que faltou inteligência aos comandantes do INTER. Não era jogo para forçar o 2˚ gol no final do jogo. Naquele momento da partida e considerando a suspensão de Damião por mais um jogo e a expulsão de D'Alessandro a lógica era realizar o jogo de volta conta com o time do Acre.

Próximo jogo-treino pelo Gauchão é contra o Juventude. O vencedor deste confronto terminará o turno em 1˚ lugar nesta chave.

Um grade e forte abraço.