28 de out de 2012

Vitória com interferência de F9, só que não.

Em confronto que para um era amistoso e para o outro quase uma final de copa de mundo, o INTER venceu o desesperado Palmeiras de virada por 2 x 1.

A vitória do COLORADO somente foi possível em virtude da inspirada tarde do goleiro Muriel que praticou excelentes defesas.

Mesmo com a vitória, achei o time do INTER desorganizado taticamente. Não Gostei.

F9 que em algumas oportunidade já posou de gênio, ontem repetiu em dose dupla. Durante o jogo inverteu os laterais de lado (Nei já é horrível na direita imaginem na esquerda de pé trocado) e a outra invenção foi a retirada de Fred (meio campo) para a entrada do atacante Cassiano.

F9 não conseguiu a proeza de entregar o empate com a retirada do Fred pela ruindade do Palmeiras.

Rafael Moura fortemente criticado teve atuação de camisa 9, participou no lance do gol de empate e depois fez o gol da vitória. Ontem fez o que se espera de um camisa 9.

Ontem o INTER manteve sua performance nos escanteios. Todos os escanteios  e que foram cobrados de forma ridícula. É inadmissível que não há um único jogador do INTER que saiba cobrar escanteio.

Todas as atenções pós jogo ficaram por conta do gol de mão de Barcos e que foi invalidado com a interferência do 4˚ arbitro e que tudo indica com a ajuda do replay da TV.

O Palmeiras reclama desesperadamente do gol de mão anulado e que inclusive na justiça vai buscar a anulação do jogo. Se fosse eu torcedor do Palmeiras teria vergonha desta atitude. A instituição Palmeiras com esta atitude quer que prevaleça a malandragem, trapaça, a sacanagem, a falcatrua. Lamentável postura.

Um grande e forte abraço.

24 de out de 2012

Vitória com absoluta soberania

Com total maioridade o COLORADO jogou com absoluta soberania sobre o Vasco e a vitória de virada por 2 a 1 foi apenas conseqüência.

A superioridade foi tamanha que ao final do jogo os torcedores de camisa preta e branca gritavam "olé" em pleno São Januário.

Pela atuação de hoje o texto deveria ser repleto de elogios, iniciando pela casamata (F9), reconhecendo a organização tática, o futebol coletivo, enaltecendo os jogadores com destaques especial para a grande atuação de D'Alessandro e terminado inclusive quem sabe com algum reconhecimento ao VP de Futebol.

Pena que a vitória de hoje nada representará no campeonato.

Foi uma vitória de luxo em um amistoso. Até o final do campeonato teremos somente amistosos com exceção do último jogo do campeonato que a vitória será obrigação.

Troco uma vitória no clássico da última rodada por derrotas em todos os amistosos que teremos pela frente até o último jogo do campeonato.

Próximo adversário é o desesperado Palmeiras em jogo que será realizado no GIGANTE. Será que chegou o momento de pagar uma antiga dívida de gratidão?

Um grande e forte abraço.

17 de out de 2012

Já arranhei o disco com minha opinião sobre L.David e F9.

Outro fiasco. A cada jogo maior o declínio em relação ao anterior. Mais uma derrota vexatória. 

Não há explicação para uma derrota para o rebaixado Figueirense e de virada por 3 x 2 em pleno Beira Rio e após estar na frente do placar por 2 vezes.

Eu já arranhei o disco com a minha opinião sobre a dupla que comanda o futebol do INTER.

L.David e Fernandão devem ser expurgados do GIGANTE, ambos são péssimos como dirigente e treinador. Não conseguem fazer nada certo. A cada nova ação de ambos uma erro maior que o anterior.

Enquanto permanecerem estes dois no comando do Futebol do COLORADO não há futuro, haverá somente frustração, tristeza e derrotas.

O retorno da normalidade do INTER passa pela exclusão dos incompetentes L.David e Fernandão.

Não é piada, mas L.David é o possível candidato da situação para ser o Presidente do INTER para o biênio 2013/2014. Existe a possibilidade de uma manobra política para que ele seja eleito através do Conselho Deliberativo sem que haja eleições diretas com o voto do associado.

Sugiro que escutem a entrevista coletiva do F9 após o jogo. Tirem suas próprias conclusões. Vou evitar comentários depreciativos sobre um ídolo dos gramados.

O retrato no momento do Torcedor Vermelho é o da indiferença. De fazer piadas com o momento do próprio time, mérito que deve ser 100% creditado ao trio: Luigi, L.David e F9.

Hoje nem indignado estou.

13 de out de 2012

Muito mais que uma derrota

Hoje vimos uma demonstração da completa incompetência do INTER de 2012. Não há absolutamente nada que possa ser comemorado no atual momento do COLORADO.

A falta de comprometimento dos atletas é constrangedora. A falta de capacidade de gestão dos dirigentes é constrangedora. F9 como treinador é constrangedor.

O INTER em 2012 é constrangedor.

Jogadores brigam em campo.

A entrevista do L.David e do F9 após o vexame foi constrangedora.

A derrota de 3 a 1 foi para o pior time do campeonato. Para um time que será rebaixado.

Atlético-GO deveria ser o líder do campeonato pelas desculpas do F9 que reclamou do calor e do campo. Para os outros adversários o clima e o campo devem ser diferentes.

Não tenho nenhuma dúvida que L.David é COLORADO e por isso que a melhor decisão que ele pode tomar como VP de Futebol é o seu pedido de demissão, só que antes que ele demita o F9 que foi sua invenção.

Mudanças imediatas são necessárias.

Completamente indignado com o vexame de hoje.

11 de out de 2012

Vitória do Futuro COLORADO.

Na primeira partida após o encerramento da temporada de 2012, uma vitória maiúscula de 3 x 0 contra o Galo Mineiro

Todos os destaques do jogo foram do grupo dos jovens jogadores e que não compõem nenhuma das conhecidas "turmas" do INTER e que são conhecidas por "chinelinho" ou "zona de conforto".

Os destaques do COLORADO neste jogo foram: Jackson, Josimar, Fred e Cassiano.

A vitória foi construída somente após a saída de campo do Rei de Impedimento. Rafael Moura é menos 1 em campo.

Nos últimos 25 minutos do jogo sem Rafael Moura em campo o INTER fez os seus 3 gols.

Nei mantendo sua performance de em nada colaborar manteve seu trajetória e ao final do jogo cometeu mais um pênalti totalmente desnecessário.

Para alegria de Muriel o pênalti foi cobrado pelo péssimo atacante Jô e o goleiro COLORADO finalmente defendeu a primeira penalidade máxima como goleiro titular do INTERNACIONAL.

F9 hoje soube organizar o time em campo. Substituiu corretamente. Retirou do time os 2 piores em campo na partida (Dátalo e R.Moura).

Os dois próximos confrontos COLORADOS são contra dois rebaixados (Atlético-GO e Figueirense). 6 pontos é a obrigação.

Um grande e forte abraço.

6 de out de 2012

Em 06/10/2012 oficialmente encerrada a temporada de 2012

Outro empate (1 a 1), desta vez contra o Santos na Vila Belmiro. Não tenho mais palavras para qualificar os inúmeros empates do COLORADO neste campeonato.

O INTER perdeu a oportunidade de acabar de vez com o tabu de nunca ter vencido o Santos no lendário estádio da Vila Belmiro.

O INTER mesmo jogando com 3 jogadores a menos foi melhor que o Santos durante todo o jogo. O resultado mais justo seria a vitória do Colorado.

F9 é merecedor de todas as críticas. O INTER começou o jogo com Nei (capitão), Kleber e R.Moura. No intervalo retirou Fred do time e manteve R.Moura. Não há explicação para tanta "cagada".

Quem não viu o gol do Santos reveja para ver o que o Nei foi capaz de fazer neste lance. O Nei abandonou a marcação do jogador do Santos que fez o gol e foi marcar o Moledo.

Em relação aos escanteios a favor do Colorado nos próximos jogos vou torcer para que não haja mais nenhum para evitar a irritação.

E para completar o nível da irritação, uma dupla de ataque inoperante e ambos jogando de tiara.

Após o empate contra o Santos combinado com as vitórias de São Paulo e Vasco, os tubos de oxigênio foram retirados no objetivo da Libertadores.

Em 06/10/2012 oficialmente encerrada a temporada de 2012 do INTERNACIONAL. Nada mais justo e merecido para um time da "Zona de Conforto" desfrutar de 4 meses de férias.

Um grande e forte abraço.