30 de mar de 2011

Vitória em ritmo de treino

O INTERNACIONAL fez o lógico e o que o mundo já sabia e venceu em ritmo de treino o fraco time Boliviano com a alcunha de Jorge Wilstermann por 3 x 0, com show de Oscar.

Não há nenhuma dúvida que o time Boliviano é com certeza um dos piores, se não for o pior, adversário que o INTERNACIONAL enfrentou no GIGANTE nos últimos 10 anos.

Enfrentando um adversário de nível tão inferior, entendo que não é possível tecer comentários sobre o desempenho coletivo do time, esquema de jogo, atuações individuais e inclusive sobre o Celso Juarez Roth.

A grande notícia é que o COLORADO com 4 jogos chegou aos 10 pontos e caminha na direção de terminar a 1ª fase da Libertadores como um dos clubes de melhor campanha entre os 32 participantes, e desta forma garantir a vantagem de jogar a 2ª e decisiva partida dos jogos da próxima(s) fase(s) no Beira Rio.

Eu Quero a AméricaTriVermelha
Um grande e forte abraço aos leitores.

26 de mar de 2011

Não existe nenhuma organização coletiva

O INTERNACIONAL conseguiu com seu time considerado titular empatar sem gols em pleno GIGANTE contra o fraco São Luiz de Ijuí. O resultado foi mais do que justo. E fiquei com vergonha quando o juiz da partida concedeu 5 minutos de acréscimos sem motivos na etapa final.

Se tivesse que eleger o melhor jogador do COLORADO em campo votaria no Goleiro Lauro. O mais esforçado e com vontade de ganhar o jogo foi Oscar.

O COLORADO treinado pelo professor Celso Juarez é um verdadeiro fracasso enquanto time de futebol, não há a mínima organização coletiva, não existe jogadas pelas laterais, nenhuma triangulação. E ainda há o fato de um jogador do São Luiz ter sido expulso no 1o tempo.

Na coletiva após o jogo Celso Juarez disse em alto e bom tom que o Torcedor Colorado elegeu três culpados (Alecsandro, Renan e o próprio treinador) pela derrota para o Mazembe. E por este motivo promoveu os ingressos de Lauro e Damião no time titular do INTERNACIONAL. Eis aí mais um motivo para demissão do treinador que fez as alterações técnicas não por convicção e sim pela pressão do torcedor.

Hoje escutei de um amigo: Que todos os dias um Senhor comparece ao Estádio Olímpico da Azenha e pergunta pelo Celso Juarez Roth. E que recebe a resposta que não está e não trabalha mais neste local. Após alguns dias o funcionário da recepção indagou o Senhor, perguntando porque todos os dias procura e pergunta pelo Celso Juarez se já havia lhe informado várias vezes que ele não trabalha mais no Olímpico. E o Senhor respondeu: É que é muito bom ouvir que o Celso Juarez não é mais treinador do meu time.

Eu Quero a AmerciaTriVermelha.
Um grande e forte abraço aos leitores.

24 de mar de 2011

Venceu o maior e melhor

Vencemos o simpático Zequinha da Zona Norte de Porto Alegre pelo placar mínimo de 1 a 0, com gol de Andrezinho. Desta vez o time esteve mais equilibrado e foi o suficiente para vencer o adversário. O INTERNACIONAL jogou melhor e controlou o jogo e na segunda etapa da partida deixou de ampliar o placar.

A cada partida que jogamos com Daniel na lateral direita e Juan na lateral esquerda, a certeza que nenhum dos dois possuem condições de serem laterais do INTERNACIONAL. Daniel como de fato é lateral só existe uma alternativa que é mandar em frente. Enquanto Juan temos que testar de fato este atleta na sua posição de origem (zagueiro) para sabermos se pode ser útil ou não ao time.

Cavenaghi se movimentou bem e seu gol não saiu por detalhes ou falta de sorte, com exceção do gol que perdeu sem goleiro no final do jogo. O papel de centroavante é colocar a bola na rede e neste quesito o atacante Argentino deixou a desejar.

Em relação ao “bruxo” do professor Celso Juarez, sim estou falando de Zé Roberto, entendo que novamente não foi bem.

A grande preocupação do momento é com o Zagueiro Sorondo que saiu de campo com lesão no ombro e joelho. E diga-se que no atual momento Sorondo é o melhor zagueiro do  INTERNACIONAL.

E o Campeonato Gaúcho continua sem empolgar a torcida vermelha e que no momento seu nível de exigência é muito acima desta competição.

Eu Quero a AmérciaTriVermelha
Um grande e forte abraço aos leitores.

19 de mar de 2011

Objetivo Alcançado

O INTERNACIONAL empatou sem gols com o Novo Hamburgo em pleno GIGANTE e conquistou mais um ponto. Agora já soma 5 pontos em 3 jogos, um desempenho formidável. O objetivo do treinador COLORADO no jogo contra o NH foi obtido com êxito. Em nenhum momento o time da casa foi ameaçado pelo temível time do Vale dos Sinos.

Celso Roth conseguiu impor seu sistema defensivo com maestria. O sistema defensivo entendeu perfeitamente as orientações do treinador. Os laterais não atacaram nunca e os três volantes guardaram posição sempre.

Agradeço todos os dias aos Deuses do Futebol e claro a Direção atual e anterior do INTERNACIONAL pela escolha e manutenção do Celso Juarez. É um orgulho para o torcedor vermelho ter comando técnico do 8º melhor técnico do MUNDO em 2010.

E que o Sol que se põe todos os dias ao lado do GIGANTE continuem brilhando e iluminado o professor Celso Juarez.


Com ou sem o Celso Juarez, Eu quero a AmericaTriVermelha.
Um grande e forte abraço aos leitores.

16 de mar de 2011

Goleada com naturalidade

O INTERNACIONAL faz sua obrigação e venceu com facilidade o Jorge Wilstermann com direito a goleada pelo placar de 4 a 1. No segundo tempo o COLORADO administrou o jogo e ainda perdeu muitas chances de gols. E Damião novamente foi decisivo no ataque.
 
Tudo indica que Celso Juarez não resistiu a pressão externa da torcida e iniciou o jogo com a formação de preferência da grande maioria dos torcedores com o Oscar no lugar do Espetacular Wilson Matias. E na segunda etapa, provavelmente com a justificativa da altitude Celso Juarez aproveitou para colocar no time o seu bruxo Wilson Matias que entrou no lugar de Tinga.

Com este placar elástico vou evitar as críticas e as falhas individuais que aconteceram e exaltar a grande atuação coletiva do time. E sempre que o desempenho coletivo funciona é necessário reconhecer os méritos do treinador na partida. E Celso Juarez soube fazer sua parte nesta partida.

A outra EXCELENTE notícia da noite foi a confirmação pelo Sportv que o atacante Alecone deixou o INTERNACIONAL e foi negociado com o Vasco da Gama. Que Alecone vá com Deus e que seja feliz no seu novo clube. Já que nós torcedores estamos felizes com sua saída.

Eu Quero a AméricaTriVermelha.
Um grande e forte abraço aos leitores.


14 de mar de 2011

Chance Única de ter um treinador Verdadeiro!!!

Boa noite Torcida Colorada!!!


Em primeiro lugar peço desculpas ao amigo Marcelo pela demora em escrever no blog, mas como as férias possibilitam uma organização melhor e mais espaçada nas atividades diárias, enfim consigo novamente humildemente comentar e falar sobre tudo o que está acontecendo em nosso time!!!


Não podemos perder a chance de repatriar Muricy Ramalho. Hoje a notícia de seu pedido junto ao Fluminense pela demissão tomou conta de todo o noticiário futebolístico do país. Que Atitude!!!! Não existem mais técnicos do padrão Muricy... Ganhou o campeonato Brasileiro junto há um time sem a mínima estrutura... Porém tem total respeito ao clube que trabalha e ao grupo de jogadores que comanda....  Pode ser caro???? Pode! Porém na atual situação, preciso primeiro que seja demitido CJR, pois não tem condições.. Ontem mostrou mais uma vez... Na minha opinião é: BURRO; ARROGANTE; PANELEIRO; SEM COMANDO DE VESTIÁRIO; SEM CONHECIMENTO TÁTICO; APÓIA E VALORIZA JOGADORES CONTESTADOS; INSISTE EM VERDADEIRAS ABERRAÇÕES (MATIAS, LAURO, ZÉ CACHAÇA ROBERTO, ALECSANDRO E OUTROS) e aproveitar a situação do Muricy para arrumar a casa seria pelo menos uma primeira atitude da atual e atrapalhada direção de futebol...


Muricy conhece o Beira Rio, tem respeito da torcida, valoriza revelações (Oscar, Damião e retomaria a base do Inter), teria no Inter a chance de ganhar a tão sonhada libertadores com a estrutura que tanto ele vem pedindo no Fluminense e não ganhou! Conseguiria montar uma equipe estruturada para no mínimo brigar fortemente pelo título Brasileiro que não conquistamos há 31 anos... Respeita contrato (demonstrou no caso da Seleção)... Acredito que faria jogar novamente jogadores como Tinga e Sóbis... Poderíamos esperar os 30 dias de férias que ele pediu.... pois até lá.. classificamos e Muricy assume o comando para o restante da Libertadores..... Nosso elenco é bom (precisa de um goleiro e um zagueiro pelo lado esquerdo), pois Bolivar ainda consegue dar conta do recado..


Dizer que Muricy é treinador de pontos corridos, não chega a ser uma verdade.. Já foi campeão Paulista com o São Caetano em mata-mata... Perdeu duas finais de libertadores na final... (com o São Paulo e o próprio São Caetano)... então... Hoje a tarde no Arena Sportv ainda foi comentado que o currículo dele, fez e faz todos pensarmos que é treinador de pontos corridos.. Deixem ele trabalhar no Beira-Rio que esse rótulo será quebrado em 2011...


Quanto as obras e trapalhadas com a reforma do Gigante.. Só tenho uma coisa a dizer... Nossa direção além de atrapalhada... tem milhões de más intenções e pessoas em seu comando que estão de "OLHO NA FORTUNA QUE PODEM RECEBER"... O Brasil está tomado por corrupções... Não seriam nossos dirigentes isentos de todo esse cenário. Todo o comportamento deles e as dúvidas perante aos fatos, nos fazem pensar isso..


Boa noite a todos... Retomarei a escrever e opinar no blog....
Seremos TRI DA AMÉRICA....

13 de mar de 2011

INTERNACIONAL jogou quase nada e o Caxias foi prejudicado novamente

Em um jogo de muito gols e de falhas individuais de ambos os lados, INTERNACIONAL e Caxias empataram em 3 a 3 e novamente com 3 gols de Leandro Damião.

E o Caxias hoje novamente foi prejudicado pela arbitragem. Teve contra si um penálti inexistente e que foi assinalado e ainda houve um penálti duvidoso a seu favor não marcado e o segundo gol COLORADO foi irregular (impedido).

O arbitro da partida de hoje e que foi torcedor azul integrante de torcida organizada resolveu dar 5 minutos de acréscimos no segundo tempo para justificar os acréscimos exagerados que também foram concedidos no jogo anterior do Caxias.

O COLORADO não jogou absolutamente nada. O único destaque positivo foi o atacante Leandro Damião. Oscar teve uma participação razoável. Todos os demais atletas foram lamentáveis.

Todos sabem que os atletas Daniel, Massari e Wilson Matias jamais poderiam vestir a camisa do INTERNACIONAL e nesta turma soma-se o Zé Roberto que é bruxo do professor CJR.

Hoje novamente ficou comprovado que não temos nenhum goleiro que se possa confiar no atual grupo do COLORADO e afirmo que Lauro é pior que o contestado Renan.


Tinga, assim como Índio, demonstra a cada jogo que é ex atleta. Tinga não possuí mais condições físicas de um atleta de alto nível, não sabe chutar em gol (nunca soube) e não possuí força muscular para divididas e chutes em gol. Seu chute podemos denominar de “peido de véia” e no atual momento é no máximo reserva do INTERNACIONAL.

A esperança para o próximo jogo contra o Jorge Wilstermann é que o Celso Juarez NÃO seja ele próprio. Somente assim poderemos ter alguma esperança que Espetacular, Zé Roberto e Rodrigo Suco de Laranja não sejam relacionados como titulares para o início da próxima partida.

Professor Roth disse na sua entrevista coletiva que Oscar tem que melhorar e que o seu bruxo Zé Roberto é muito importante para o esquema tático. Zé Roberto não jogou absolutamente nada e mesmo assim ficou em campo até os 30 minutos do segundo tempo. Este é o verdadeiro Roth com todos os seus defeitos que já são conhecidos.

A polêmica vibração do terceiro gol do Damião vai dar muito “ibope”. Eu particularmente desaprovo a forma com que ele comemorou este gol. A flauta tem que ficar no nível dos torcedores. Atletas e dirigentes não podem entrar neste tipo de provocação.

Eu Quero a AméricaTriVermelha.
Um grande e forte abraço aos leitores.

10 de mar de 2011

Superioridade Absoluta

Sob forte chuva o INTERNACIONAL deu um banho de bola no Ipiranga de Erechim e ganhou com muita naturalidade pelo placar de 4 a 0, com 3 gols de Leandro Damião e 1 de Zé Roberto. A diferença técnica do time COLORADO em relação aos demais times do Interior do RS é um verdadeiro abismo e esta superioridade é maior ainda quando o jogo é disputado no GIGANTE.


O grande destaque da partida foi o Oscar que comandou as jogadas de ataque e ditou o ritmo das jogadas. Mário Bolatti demonstra a cada jogo que parece ser mesmo um centromédio de ofício.

De lamentar apenas o quase gol de Bolatti e que foi evitado por méritos do goleiro do Ipiranga que realizou uma extraordinária defesa.

Quanto ao ex titular Alecsandro e que não foi relacionado nem para o banco de reservas, espero que tenha assistido ao jogo pela TV para ver como um centroavante tem que jogar e se antecipar aos zagueiros e não ficar somente aguardando pelos erros dos adversários para fazer gols praticamente sem goleiro.

Com a evolução dos próximos jogos, poderemos chegar a conclusão que a desclassificação prematura no 1º turno do campeonato gaúcho pode ter sido benéfica. O treinador Celso Juarez teve mais 14 dias somente de trabalhos para melhorar o nível físico e técnico dos atletas. E o tempo dirá se o professor soube aproveitar este exclusivo período

Celso Juarez voltou a afirmar que o esquema adotado pelo INTERNACIONAL que é o 4-2-3-1 é um esquema moderno e que é utilizado pelos principais times e seleções do Mundo. Que permite o time atacar com um maior número de jogadores. Neste assunto Roth tem razão e não há como discordar dele, desde que os jogadores consigam realmente desempenhar as funções táticas definidas.

Celso Juarez estava igual a uma “moça” na coletiva, com muito bom humor, muito educado e com profundas explicações didáticas, ou seja, um legítimo Professor.

A próxima partida do COLORADO será no domingo (dia 13) contra o Caxias em jogo que será disputado na Serra Gaúcha. Espero que a decisão do Celso Roth seja de utilizar o time considerado titular e utilize esta partida como um bom teste preparatório para o confronto contra o Jorge Wilstermann (Bolívia).

Vamos com muita calma que o Ipiranga é muito fraco e que não pode ser parâmetro para diagnósticos.

Eu quero a AméricaTriVermelha.
Um grande e forte abraço aos leitores.

6 de mar de 2011

Sem jogos e muito treinamento

Assim como o time treinado pelo Celso Juarez Roth o blog do Torcedor Vermelho também se encontra em ritmo de treinamento, só que o meu é no garfo, faca, copo e garrafa.

Parrilla que eu pilotei na casa do amigo Guga Lang

Companhia perfeira Trago e Música

Eu Quero a AmericaTriVermelha.
Um grande e bom carnaval a todos os leitores.