27 de fev de 2011

Gigante para sempre

No final do mandato da gestão anterior, mais precisamente nos últimos dias, foi decido que as obras do Gigante deveriam ser iniciadas imediatamente.

Os novos administradores não convencidos com a capacidade de investimento do clube com recursos próprios pegaram a calculadora e os projetos e tudo indica chegaram a conclusão que não existe nenhuma condição de manter este projeto como inicialmente concebido.

Eu não tenho a menor dúvida e nunca tive, que um clube de futebol, principalmente do Brasil, não possuí nenhuma condição financeira de realizar um investimento com recursos próprios em ritmo acelerado. Todos os grandes clubes brasileiros são deficitários e o INTERNACIONAL é desta turma.

No atual momento o Gigante se encontra parcialmente destruído. E as obras evoluem a passos muito lentos. A decisão de iniciar as obras sem possuir os recursos financeiros necessários é motivo de uma ação de responsabilidade administrativa aos antigos gestores do clube.

O INTERNACIONAL não é uma entidade privada que possuí “dono” é uma instituição que possuí milhares de sócios e milhões de torcedores e simpatizantes. Uma decisão deste porte e com grandes riscos financeiros e que pode inviabilizar definitivamente a instituição não pode ser decidida desta forma com tanto amadorismo.

Na próxima quarta, dia 2/3, haverá uma reunião no Conselho Deliberativo do INTERNACIONAL, onde será apresentada os impactos financeiros do projeto e provavelmente alternativas para que o projeto “Gigante para sempre” seja efetuado em conjunto com um parceiro investidor (construtora).

Em 02/11/2010 eu já havia escrito algo sobre este assunto. Minha opinião naquela época foi: 
http://www.torcedorvermelho.blogspot.com/2010/11/diversos-assuntos.html

Vejam esta seqüência de fotos. Eu não tenho nenhum conhecimento de engenharia e minha conclusão é que estão fazendo de conta que as reformas estão sendo executas.

Foto do dia 22/01 - jogo contra o Santa Cruz


Foto do dia 13/02 - jogo contra o Pelotas

Foto do dia 19/02 - jogo contra o Cruzeiro

Foto do dia 23/02 - jogo contra o Jaguares

Considerando o atual cenário das obras, que a decisão do clube seja de continuar os investimentos necessários com o apoio de investidores.

Eu quero a AméricaTriVermelha.
Um grande e forte abraço aos leitores.

24 de fev de 2011

Vitória maiúscula contra o Jaguares

O INTERNACIONAL goleou o fraco time do Jaguares por 4 a 0. Entendo que o placar foi demasiadamente elástico pelo que ambos os times apresentaram. O goleiro do time mexicano falhou em minha opinião no 1º e 3º gol. E a grande notícia é que o time INTER converteu em gols as oportunidades criadas.

Hoje circulou pela internet uma foto onde é demonstrada a semelhança na forma de comemorar um gol entre o eterno ídolo Falcão e Bolatti. Através desta imagem comparativa com certeza aumentou ainda mais, caso seja possível, a admiração do torcedor vermelho pelo futebol do centromédio Mário Bolatti. Veja a reportagem do Diário Gaúcho sobre esta semelhança.
http://www.clicrbs.com.br/especial/rs/diario-gaucho/19,222,3219808,Bolatti-comemorou-como-Falcao-na-final-do-Brasileirao-de-1979.html


Eu tinha convicção antes desta partida, que independente do resultado deste jogo, que no dia seguinte Roberto Siegmann iria oficializar a saída do Celso Juarez. Neste momento, já noite do dia seguinte ao jogo, nada aconteceu, pelo contrário a clube oficializou um pedido de apoio ao treinador.

Celso Juarez não possuí mais nenhuma condição de continuar treinando o COLORADO, e a certeza que todos possuem é que a cada resultado não satisfatório o clima da insatisfação e rejeição voltará muito mais forte e tomará proporções sempre crescente em progressões geométricas.

Meu sentimento é que o INTERNACIONAL está perdendo a oportunidade de trocar de treinador, já que nos próximos 15 dias não possuí nenhum jogo oficial.

Será que o INTER não fez a troca por realmente possuir convicção no trabalho do Celso Juarez ou pela escassez de bons treinadores disponíveis? Eu fico com a 2ª alternativa. Não consigo acreditar que o atual treinador é uma convicção.

Já que o homem continua, é obrigação dos torcedores, principalmente daqueles que comparecem aos jogos, não vaiar o time ou o treinador e sim apoiar.

Ontem nas cadeiras do Gigante, como de costume, havia os “corneteiros de plantão”, que reclamavam de tudo e de todos durante os 90 minutos.

Sou sim contrário a manutenção do Celso Juarez, mas já que é ele, vamos em frente assim mesmo. Quero que Celso conquiste seu o BI campeonato da libertadores e mais um fabuloso prêmio de gratificação.

Eu Quero a AméricaTriVermelha.
Um grande e forte abraço aos leitores.

19 de fev de 2011

O principal responsável tem nome e não é Celso Juarez

Hoje o INTERNACIONAL foi desclassificado da 1ª fase do campeonato gaúcho em pleno Gigante após derrota nos pênaltis para o Cruzeiro. No tempo regulamentar o jogo terminou empatado em 1 a 1 apesar da superioridade do time adversário. E o treinador do adversário ainda declarou que o objetivo do Cruzeiro no campeonato é o de permanecer no Seria A do Gauchão.

Criticar os jogadores do chamado time B seria até covardia, os atletas deste grupo são todos de nível inferior ou futebol insuficiente e nenhum destes atletas possuí condições de serem sequer reservas no grupo principal.

A posição de goleiro do time COLORADO parece estar amaldiçoada. O frango da vez foi do Agenor.

Quanto aos pênaltis, as duas cobranças desperdiçadas pelo INTERNACIONAL foram muito mal executadas. Não tem nada de sorte ou azar foi pura incompetência dos batedores.

A manutenção deste time B é igual a rasgar dinheiro, atirar pela janela, queimar, usar para limpar. Os culpados são novamente os homens fortes da direção do INTERNACIONAL.

A torcida ao final do jogo elegeu o culpado pela derrota e chama-se Celso Juarez Roth. Eu discordo totalmente. O grande responsável até o momento por todos os erros tem nome e sobrenome e chama-se Roberto Siegmann que é o atual vice-presidente de futebol do COLORADO. Ele é o responsável pela: desclassificação precoce; pela manutenção do CJR; pela definição de utilizar o time B; de poupar todos os reservas o grupo principal e muitos outros erros.


A entrevista do Siegmann após a partida foi ridícula, culpou o time e os comandantes técnicos pelo fraco desempenho. Que o clube oferece toda a infra-estrutura e demais condições e que vai cobrar veementemente pelo ocorrido de hoje.

Por favor, Sr. Roberto Siegmann não transfere a responsabilidade ela é toda sua. Podemos afirmar que até o momento todas as suas decisões foram ERRADAS.

Uma sugestão ao Sigmann: escute a voz do torcedor, não pode apenas o Senhor ou seu "guru - assessor" estão certos e todos os demais errados. Não aposte no impossível. Faça o mais simples e óbvio.

O título inicial deste post era: “cagada planejada, cagada realizada”, depois alterei e não como muita convicção.

Eu quero a demissão do Celso Juarez.
Um grande e forte abraço aos leitores.

18 de fev de 2011

Mais um erro? Eu entendo que sim.

No sábado pelas quartas de finais da 1ª fase do campeonato gaúcho, o INTERNACIONAL enfrenta o Cruzeiro no Gigante. O vencedor desta partida segue em frente na competição, é uma partida eliminatória e somente o vencedor segue em frente. A vantagem do COLORADO é apenas o mando de campo e havendo empate no tempo regulamentar a vaga será disputada nos pênaltis.

E a decisão dos sábios administradores do futebol do INTERNACIONAL é pela utilização do chamado time B. Em minha modesta opinião mais um erro dos vários já cometidos pela atual direção.

Também entendo que o time principal que jogou na quarta contra o Emelec deve sim ser preservado para o jogo contra o Cruzeiro. 
Sou da opinião que os jogadores do chamado grupo principal e que não jogaram contra o Emelec mais os atletas que precisam de ritmo de jogo deveriam ser utilizados para esta decisiva partida contra o Cruzeiro.

E a favor da tese da utilização dos reservas imediatos, é que estes jogadores estariam adquirindo ritmo de jogo para quando jogarem pelo time considerado titular.

Para o jogo de amanhã, por exemplo, poderiam ser utilizados os seguintes atletas: Renan; Rodrigo Suco Laranja; Jaun; Gladson; Andrezinho; Oscar; Alecsandro; Alex; Cavenaghi.

O vencedor do jogo do INTER x Cruzeiro vai enfrentar pela semifinal o vencedor do confronto entre Porto Alegrense x Ipiranga. Eis aí mais um motivo para jogar com um time mais forte e aumentar as possibilidades de vencer o Cruzeiro, para no próximo final de semana jogar contra nosso rival e fazer prevalecer a Supremacia Vermelha.

E no momento “coluna social” hoje o "David Beckham dos Pampas" fez uma tatuagem no pescoço e foi divulgando o trabalho do tatuador em tempo real através de fotos e vídeos via twitter. Mais informações no blog N9ve.


Eu quero a demissão do Celso Juarez.
Um grande e forte abraço aos leitores.

17 de fev de 2011

Uma imagem que fala por sí própria

Uma imagem que fala por mais de mil palavras e que resume a decepção e inconformidade da grande parte da torcida do INTERNACIONAL.


O que esperar de um treinador de reconhecida qualidade inferior? Simples como 2 + 2, ou seja, absolutamente nada a não ser derrotas e muitas decepções.

Acorda Dr. Roberto Siegmann a bomba relógio vai explodir em seu colo!!!

Eu quero a demissão do CELSO JUAREZ.
Um grande e forte abraço aos leitores.

Empate no Equador com substituição estratégia de CJR

O INTERNACIONAL empatou em 1 a 1 com Emelec na estréia na Libertadores de 2011. O INTER controlou e dominou o jogo até os 37 minutos do segundo, quando o “mago” CELSO JUAREZ ROTH resolveu fazer uma substituição estratégica para segurar o resultado parcial de 1 a 0 até aquele momento. Tirou o centromédio Bolatti autor do gol COLORADO e de grande atuação para a entrada de seu zagueiro pupilo Rodrigo. A partir deste momento perdemos o meio campo e o Emelec foi para cima em busca do empate e conseguiu aos 49 minutos do segundo tempo.


De destacar a grande atuação de Leandro Damião e que por falta de sorte não conseguiu deixar seu gol. Em relação ao goleiro Lauro, mantenho a opinião que não possui envergadura suficiente para ser o Goleiro do INTERNACIONAL.

Se o time tivesse convertido as diversas chances de gols até os 37 minutos do 2º tempo o erro da substituição do Roth passaria despercebido. O outro pupilo de Roth o meia atacante Zé Roberto não foi bem na partida.

O juiz da partida também foi muito mal e deixou de marcar a favor do COLORADO um penalti escandaloso e na sua frente.

O Celso Juarez além de ser muito azarado é péssimo treinador. A substituição que ele fez hoje é mais um motivo de demissão. Vamos considerar que Bolatti necessitava ser substituído aos 37 minutos do 2º tempo por questões físicas e o mais simples seria ingressar com Gladson que é da mesma posição.

Só que Bolatti na sua entrevista coletiva após o jogo declarou em alto e bom tom que foi substituído por decisão única e exclusivamente do treinador. E agora ROTH vai punir o jogador?

A única certeza que tenho que com este treinador não seremos campeões de nada.

Eu quero a demissão do Celso Juarez Roth.
Um grande e forte abraço aos leitores.

14 de fev de 2011

Em busca do objetivo de permanecer o maior e melhor da América

Hoje pela manhã o INTERNACIONAL de fato começou a disputa da Libertadores de 2011. Viajou para o Equador e vai enfrentar o Emelec na próxima quarta e divulgou a lista dos 25 atletas que foram inscritos para a fase de grupos.

A relação dos inscritos com a respectiva numeração da camisa foi: 1 - Lauro (goleiro); 2 – Bolivar (zagueiro); 3 – Índio (zagueiro); 4 – Nei (lateral); 5 – Guiñazu (volante); 6 – Kleber (lateral); 7 – Tinga (volante); 8 – Wilson Matias (volante); 9 – Leandro Damião (atacante); 10 - D´Alessandro (meia); 11 – Rafael Sobis (atacante); 12 - Renan (goleiro); 13 – Glaydson (volante); 14 – Sorondo (zagueiro); 15 – Juan (zagueiro); 16 – Oscar (meia); 17 – Andrezinho (meia); 18 – Fernando Cavenaghi (atacante); 19 – Daniel (lateral); 20 – Alecsandro (atacante); 21 – Rodrigo (zagueiro); 22 - Muriel (goleiro); 23 - Zé Roberto (meia); 24 - Mario Bolatti (volante); 25 – Alex (atacante).

Como técnico de futebol que todos nós somos, a minha relação teria algumas alterações e não muitas, no máximo 3. No geral a lista está bem elaborada considerando o que temos no plantel para o momento.

Abaixo vídeo de criação e autoria do Vini que está circulando em todas as redes sociais. Libertadores 2011 – Chamado do INTER.


Que Celso Juarez Roth seja iluminado e que consiga queimar a língua dos seus críticos. Que este título seja obtido para apagar a imagem da derrota para o Todo Poderoso Mazembe.

Um grande e forte abraço aos leitores.

13 de fev de 2011

Deixou a desejar

O INTERNACIONAL ganhou hoje do Pelotas de 3 a 2 no Gigante e com três gols de Leandro Damião que vai pedir música no Fantástico. O esquema defensivo do time COLORADO está abaixo da crítica, não há proteção aos idosos e lentos zagueiros e a quantidade de contra-ataques que o time adversário impõe é inacreditável. E o time do Pelotas ainda perdeu dois dos chamados gols imperdíveis.


Celso Juarez Roth tem toda responsabilidade de um esquema defensivo que tomou 5 gols em 3 partidas e contra times de qualidade inferior, com todo o respeitos aos clubes do Interior do Rio Grande do Sul.

Roth merece os elogios pela substituição de Tinga no intervalo do jogo. A atuação de Tinga no 1º tempo foi ridícula e pelo seu futebol apresentado neste início de temporada merece o banco de suplentes. O centroavante Alecsandro que entrou no 2º tempo manteve sua performance de jogar mal.

Na próxima quarta, no Equador conta o Emelec , será o início da Libertadores de 2011 para o INTERNACIONAL e no momento o time de Celso Juarez não transmite nenhuma confiança ao seu torcedor.

Amanhã será divulgado a lista dos 25 jogadores inscritos para a Libertadores de 2011. Será que teremos algum absurdo ou interferência de empresários? Amanhã teremos as respostas.

Eu quero a demissão do Celso Juarez Roth.
Um grande e forte abraço aos leitores.

10 de fev de 2011

Qual é meu! Tá me tirando para bobo.

Quando criança eu escutava e usava muito a expressão: “qual é meu! tá me tirando para bobo”. E hoje tenho certeza que a nação COLORADA está sendo “tirada para bobo” e pelo seu atual treinador Sr. Celso Juarez Roth.



Primeiro passou jogos e mais jogos durante o 2º semestre afirmando que seu objetivo era a conquista do campeonato brasileiro e que iria buscar o título com toda força possível do elenco COLORADO. Na prática fez exatamente o contrário.

Segundo foi o papelão de Abu Dhabi que conseguimos ser derrotado pelo Todo Poderoso Mazembe. Depois ficou com aquela cara de criança que fez algo errado.

Celso Juarez conseguiu e não sei como a proeza de renovar seu contrato de treinador de futebol com o INTERNACIONAL por mais um ano, até 31/12/2011, e uma das minhas curiosidades é saber quais as condições previstas neste contrato para uma eventual rescisão motivada por qualquer uma das partes. Se algum souber, por favor, me informe.

A maioria esmagadora da torcida vermelha era contrária a manutenção do treinador. E mesmo assim o homem conseguiu. É bom este Celso Juarez.

Iniciado a temporada de 2011, os mesmos erros de esquema de jogo e de atitudes de Celso Juarez permanecem. E fico perplexo como é difícil para este treinador fazer o simples. E continua queimando os futuros atletas do clube. Não sabe trabalhar com os jovens jogadores.

Hoje há uma reportagem na Zero Hora que demonstra que a idade MÉDIA do time é de 29 anos e assim podemos nos escrever em algum torneio de veteranos.

E hoje mais uma vez conseguiu me surpreender negativamente com a notícia que está treinando o time para jogar com dois (2) centroavantes de iguais características.

Além de "tirar para bobo" os torcedores do INTERNACIONAL, o atual VP de Futebol do clube está passando por incompetente por nada fazer e não demitir este treinador que já deu todas as provas possíveis que não serve para nosso COLORADO.

Acorda Siegmann está bomba relógio está no teu colo. Se o Roth é sua convicção menos mal pois será responsabilizado por suas próprias decisões e escolhas.

Sr. Roberto Siegmann reflita sobre o assunto. Eu “estou sendo tirado para bobo” e você?

Eu quero a demissão do Celso Juarez Roth.
Um grande e forte abraço aos leitores.

6 de fev de 2011

Participação direta do CJR

Uma derrota com a participação direta do treinador Celso Juarez Roth. Que novamente não soube definir o esquema tático, não soube escalar o time titular e errou nas substituições. Este Roth é PÉSSIMO treinador. E a entrevista pós jogo do Roth foi lamentável e ele nunca reconhece seus erros e infelizmente o time perdeu porque os atletas não são máquinas e a culpa das derrotas é dos atletas.

Nas entrevistas ainda no gramado, simplesmente lamentável as declarações do Argentino D´Alessandro que culpou o gramado pela derrota e do lateral Nei que disse que o jogo foi apenas um treino para Libertadores.

O Goleiro Lauro não teve culpa nos gols e assim como o treinador Celso Juarez Roth, ambos não possuem “estrela”. Lauro não pode ser titular de um clube da grandeza do INTERNACIONAL.

O time COLORADO para melhorar e retomar o caminho das vitórias depende de apenas um ato administrativo. É muito simples, é só mandar o Roth se dirigir ao departamento de recursos humanos junto com sua respectiva carteira de trabalho e proceder a sua rescisão de trabalho.

Insistir em Roth como treinador já disse antes e repito é um ERRO estratégico da atual direção do INTERNACIONAL e que por um ato de soberba quer demonstrar para o mundo que possuem muito mais sabedoria que os demais analistas do futebol e torcedores esportivos.

É dever do torcedor do COLORADO pressionar a direção do clube, lotar a caixa de emails do INTERNACIONAL, mandar mensagens pelo twitter para o VP de Futebol @robertosiegamann , e tudo mais o que for possível para que a direção do clube promova imediatamente a demissão do Celso Juarez Roth.

Eu quero a demissão imediata do Roth.
Um grande e forte abraço aos leitores.

5 de fev de 2011

Qual o melhor plano de vôo para 2011?

No domingo o INTERNACIONAL vai subir a serra e jogar contra o Veranópolis e antes do jogo iniciar a expectativa é de um jogo difícil de acordo com os fracos parâmetros do Campeonato Gaúcho.

As novas contratações do COLORADO estão chegando. Cavenaghi já está treinando e ainda não possuí condições legais de jogo. Mário Bolatti desembarca em Porto Alegre neste domingo para exames médicos. E Zé Roberto jogou 40 minutos e já está lesionado, será uma rotina ou foi uma infelicidade?

O goleiro Lauro a todo instante dá declarações e entrevistas para a imprensa na condição de novo titular da posição. Em minha opinião aí está o 1º grande erro da comissão técnica para a temporada de 2011, apostar no goleiro Lauro.

Em breve provavelmente teremos outro preferido de Celso Juarez na condição de titular da zaga e será o zagueiro de baixa estatura Rodrigo. Será este outro erro? Eu entendo que sim.

O treinador Celso Juarez e os dirigentes de futebol do INTERNACIONAL se rasgaram em elogios ao atleta Zé Roberto, 40 minutos de futebol contra o fraco time do Juventude foram suficientes para que os comandantes do futebol do Clube elegessem o jogador como uma “jóia rara”.

Não tenham dúvidas, CJR não agrada a grande maioria do torcedor vermelho como treinador do INTERNACIONAL e acho que este é o grande erro estratégico da Direção do INTERNACIONAL para o início desta temporada de 2011.


A viagem da temporada de 2011 iniciou na quarta-feira passada e a distância percorrida ainda é pequena. Ainda é possível rever a rota da viagem e traçar os rumos certos e escolher os melhores caminhos e usando de preferência as melhores alternativas disponíveis.

Roth, por favor, queime a língua de seus críticos.

Eu quero novamente títulos importantes em 2011.
Um grande e forte abraço aos leitores.

3 de fev de 2011

Ano novo e nada de novo

Iniciamos a temporada de 2011 como terminamos 2010. O jogo contra o Juventude foi uma repetição dos jogos do INTERNACIONAL do 2º semestre de 2010. Falta muita coisa neste time e como não responsabilizar o treinador Roth pelo fraco desempenho coletivo do COLORADO.

O INTER hoje jogou contra um time que atualmente se encontra na Série D do futebol Brasileiro. Este fraco time do Juventude jogou praticamente de igual para igual com o COLORADO em pleno GIGANTE e o placar final de 3 a 1 não representou o que foi a partida durante os 90 minutos.

Em uma cobrança de falta mal executada por Andrezinho e que deste lance nada resultaria, o INTERNACIONAL ganhou de presente um pênalti duvidoso e que D´Alessandro converteu em gol e virou o jogo para 2 a 1 e depois novamente o Gringo em grande jogada individual fez o 3 a 1.
  
O torcedor vermelho terá que ser extremamente tolerante com este time. Os dirigentes e comandantes do futebol terão a obrigação de cobrar um melhor sistema coletivo dos profissionais do futebol.

Eu quero novamente títulos importantes em 2011
Um grande e forte abraço aos leitores.

1 de fev de 2011

Vamos dar a largada para 2011

Na próxima quinta contra o Juventude o INTERNACIONAL do treinador Celso Juarez Roth vai dar início as atividades esportivas de 2011. Ano em que temos pela frente e já confirmados os seguintes campeonatos:   Gauchão, Libertadores, Recopa e Brasileiro. E quem sabe um novo Mundial em dezembro.
O torcedor vermelho está desanimado para o novo ano esportivo que se inicia. A derrota no Mundial para o Todo Poderoso Mazembe ainda está na lembrança dos Colorados. O treinador Roth permanece no cargo. O torcedor entende que ainda existem muitas carências no time. Há muitas dúvidas sobre as reformas do Gigante e principalmente se podem comprometer as finanças e principalmente o futuro do Clube. E podia continuar relacionando mais assuntos.
Eu que me considero um crítico nos comentários, sou um torcedor que no GIGANTE sempre estou ao lado do time e apoiando os nossos atletas e sou totalmente contrário a qualquer manifestação de inconformidade aos nossos atletas ou até mesmo ao treinador.
Agora é bola ao centro. Estamos no zero a zero. O juiz vai apitar o início da temporada. E principalmente para os torcedores que freqüentam o GIGANTE estes tem a obrigação de apoiar o time e empurrar o clube para mais conquistas e nem que para isso seja preciso gritar pelo nome dos atletas indesejáveis por muitos de nós.
COLORADO !!! COLORADO !!! SOMOS TODOS TEUS SEGUIDORES !!! PARA SEMPRE EU VOU TE AMAR !!! COLORADO !!! COLORADO !!!

Eu quero novamente títulos importantes em 2011.
Um grande e forte abraço aos leitores.