29 de jun de 2010

Contas de 2009 - Aprovado por Maioria de Votos

Na noite desta segunda feira, dia 28/06, a convite de conselheiros do Movimento INTERnet/BV fui a reunião do Conselho Deliberativo do Internacional que foi convocada com o objetivo de analisar, discutir e votar as contas do exercício social de 2009.


Pelas regras da legislação vigente as contas deveriam ser divulgadas até o final de março e aprovadas até o final de abril. A direção do Internacional tentou justificar ao plenário os motivos dos atrasos.

A empresa de Auditoria Externa Independente que foi contratada para examinar as contas da administração e emitir um parecer sobre as referidas demonstrações financeiras, emitiu seu parecer com várias ressalvas. O significado de ressalvas no dicionário é: 1. Nota para corrigir erro num texto; 2. Isenção de certos deveres ou obrigações; 3. Exceção, reserva e restrição.

O Conselho Fiscal do Clube que possuí várias atribuições legais deve fiscalizar as contas da administração e emitir seu parecer/opinião sobre as demonstrações financeiras. Sem consenso entre os integrantes deste órgão e pela divergência de opiniões o Conselho Fiscal decidiu recomendar que as contas fossem analisadas pelo Conselho Deliberativo, em vez de recomendar sua aprovação ou reprovação. O Conselho Fiscal também contratou outra empresa de Auditoria Independente para auxiliar nos trabalhos de revisão das contas.

O assunto que mais gerou debates e divergências, esta relacionada à compra e venda dos direitos federativos do atleta Nilmar, em especial quanto ao percentual de participação dos parceiros do Clube nesta transação. Os direitos federativos do atleta Nilmar foram vendidos ao clube Espanhol Villareal em julho/2009 pelo valor de 15 milhões de euros.

O Vice Presidente do Clube, Mário Sérgio Martins, foi quem fez as explanações das demonstrações financeiras, demonstrando a composição das receitas, custos e despesas do clube. Informou qual foi o déficit do exercício e qual foi o superávit de caixa.

Após a apresentação das demonstrações financeiras, os conselheiros tiveram a oportunidade de se expressarem no plenário e emitirem suas opiniões sobre os assuntos em pauta. As opiniões estavam dividas entre os que aprovavam as contas e os que reprovavam. Acredito que uns 12 conselheiros se expressaram e entre eles alguns com excelente domínio de oratória.

Após o espaço aberto aos conselheiros, o Presidente do Conselho Deliberativo, colocou as contas para aprovação. Resultado: As contas foram aprovadas pela maioria de votos sem ressalvas, ou seja, foi desconsiderada a opinião dos Auditores Independentes. Outros conselheiros aprovaram as contas com ressalvas e outros não aprovaram.

Após a votação das contas, quando grande parte dos conselheiros presentes e dos sócios convidados já se retiravam do plenário, ocorreu um fato lamentável: dois conselheiros, um identificado como situação e outro como de oposição, trocaram ofensas morais e para evitar as vias de fato a “turma do deixa disto” entrou em ação.

Eu não tenho o direito de voto e pelo que pude observar e analisar das demonstrações financeiras votaria tranquilamente pela aprovação com ressalvas. Para quem possui interesse em receber as demonstrações financeiras do exercício de 2009, tenho cópia e posso remeter por email, apenas solicite.

Abraços aos leitores.

Eu Quero o BI da Libertadores da América !!!

_______________________________________________________________________________

Sobre o assunto acima, segue comentário do dia 30/06/2010 do blog do Wianey Carlet sobre a reunião do Conselho Deliberativo.
http://wp.clicrbs.com.br/wianeycarlet/2010/06/30/baixou-o-nivel-no-conselho-do-inter/?topo=13,1,1,,,77

Mais um comentário do Wianey Carlet do dia 1/07/2010 sobre a reunião do Conselho Deliberativo.
http://wp.clicrbs.com.br/wianeycarlet/2010/07/01/balanco-colorado-aprovado-com-restricoes/?topo=13,1,1,,,77


0 comentários:

Postar um comentário