8 de out de 2010

C.J.Roth

Ontem ao final do jogo e sob o forte efeito da indignação de torcedor, fui para o computador escrever o post sobre a derrota do INTERNACIONAL para o fraco time do Ceará. Uma simples vitória deixaria o COLORADO praticamente na "porta da felicidade".


Em meu texto critiquei fortemente C.J.Roth atribuindo ao treinador a responsabilidade pela derrota. Alecasandro e Edu também não foram poupados.

Depois de publicado o post fiquei me perguntando. Será que sob o efeito da raiva pela derrota não fui  injusto com Roth?  Fiquei sem respostas próprias.

Hoje a noite (quinta) lendo os blogs do Guerrinha e do Wianey, ambos  escreveram os seguintes comentários sobre o jogo.

No Blog do Guerra: "Num jogo fácil de ganhar, o Inter insistiu no esquema que já perdeu a validade, perdeu para o fraquíssimo Ceará e deixou escapar a chance de diminuir a desvantagem dos primeiros colocados Fluminense e Corinthians. O péssimo resultado no Castelão, que pode ter sepultado a possibilidade de o Colorado brigar pelo caneco, deve ser creditada na conta do técnico Celso Roth, que precisa ser mais ousado para tentar buscar o único objetivo que interessa na competição. Mesmo desfalcado, o time poderia ter feito muito mais."

No blog do Wianey: "Leandro Damião era titular, fazia gols em quase todos os jogos mas Celso Roth advertia que Alecsandro, quando fosse liberado pelo DM, reassumiria a titularidade. Nunca justificou esta preferência mas, no mínimo, não foi motivador para o jovem Damião.  Edu é outro caso inexplicável. Já embarcando na veterania, andou reivindicando oportunidades mas, ao recebê-las, em momento algum se justificou. Parece mais um caso claro em que escalá-lo é pura perda de tempo. Enquanto isso, garotos como Marquinhos só recebem chance em situações desfavoráveis, como foi a de Fortaleza. Mesmo assim, sabem que não terão continuidade, o que significa falta de confiança do treinador. Nestas condições, acabam fracassando. Edu e Alecsandro são titulares inconvenientes que constrangem o time e não ajudam o treinador."

A percepção de que Celso Roth vem comentendo erros, não são exclusivas do Blog do Torcedor Vermelho. Como o principal objetivo do COLORADO é o Mundial FIFA que será disputado em Dezembro em Abu Dhabi ainda há tempo para que o comandante técnico do INTERNACIONAL encontre o rumo novamente.

E para ninguém dizer que somos ingratos, Roth mais uma vez MUITO OBRIGADO pela coquista do BI da Libertadores. E como terminou a "lua de mel" daqui para frente segue a vida como ela é com elogios e críticas quando merecidas.

Abraços aos leitores.
Eu Quero o BI do Mundial FIFA !!!

1 comentários:

Leo disse...

Já que o Celso Roth é unanimidade nacional, vou falar algo que positivo sobr elee: o espírito coletivo. Consegui ver semelhanças entre o time que ganhou a libertadores e aquele time 97 que tinha o Christian. Gosto da idéia de toque de bola, coisa rara no Brasil. Mas é só isso. Em resumo, acho certíssimo ele querer despertar coletividade. Como disse que ia falar bem dele, parei aqui.

Postar um comentário