17 de mar de 2012

Massacre = Por em situação embaraçosa ou penosa ou humilhante.

Foi Luigi anunciar a assinatura do tão esperado contato com a Construtora AG para que houvesse um atropelamento no GIGANTE. Um verdadeiro massacre de 7 a 0 naquele time que um dia se considerou touca dos vermelhos e no momento aquele velho tecido totalmente rasgado não serve nem para pano de chão. De lamentar apenas que não houve uma penalidade máxima nos minutos finais do jogo para que Muriel tivesse a oportunidade de repetir Clemer.

Neste final de semana, o INTERNACIONAL jogou no melhor dia horário da semana, sábado às 16hs. Horário perfeito onde é possível conciliar todos os demais assuntos familiares, sociais e carnavelescos. Sábado à tarde (16hs) por decreto presidencial deveria ser o dia do futebol.

Atuação coletiva acima da média e merecem destaque individual: D9 pela seqüência de 6 jogos consecutivos que deixou sua marca. Muriel que fez excelentes defesas enquanto o jogo ainda não estava decidido. Jesus Dátalo com outra atuação acima da média dos demais. E Jajá Coelho roubou a cena e superou as expectativas do mais dos eufóricos dos torcedores vermelhos.

"Jajá rouba a cena"

Já que um dos assuntos em destaque é gols em jogos consecutivos de um mesmo atleta, lembro que Jô fez gol em 2 jogos consecutivos. 

Próximo jogo é pela Libertadores e que será disputado nas nuvens. Pelas dificuldades que são os jogos disputados na altitude não tenho nenhuma convicção  para este confronto e que tudo poderá acontecer. O The Strongest é adversário direto na briga pela classificação.

Um grande e forte abraço.

0 comentários:

Postar um comentário