11 de jun de 2012

Empate no RJ contra o Fluminense é 1 ponto ganho e não 2 perdidos.


Considerando a quantidade de desfalques (D´Alessandro, Oscar, Damião, Dátalo, Guinazu e Kleber) e que jogou praticamente os 90 minutos com dois jogadores a menos (Anão e Gilberto) o COLORADO obteve no RJ contra o Fluminense de Abel Braga, Deco e Fred o melhor resultado “possível”, empate sem gols.

Não entendo como existem cronistas esportivos e que recebem R$ para emitir opinião e que após o final do jogo usam o microfone das rádios para criticar que faltou ao INTERNACIONAL vontade de vencer no RJ.  O COLORADO não venceu porque não foi possível. Não foi falta de vontade e sim falta de qualidade técnica principalmente na parte ofensiva.

E considero que DJR merece elogios por este empate. Pensou o jogo dentro das possibilidades e conquistou mais um importante ponto no RJ.

Mesmo com toda a ruindade do Anão e Gilberto também entendo não ser prudente a utilização desde o início de Fred e Maurídes. Em um time completamente descaracterizado não é recomendável a utilização de jovens com alguma possibilidade de futuro promissor.

Os destaques individuais do COLORADO foram todos do sistema defensivo, Muriel, Modelo, Velho Índio e Elton (este último somente na parte defensiva já que sua participação na parte ofensiva é nota abaixo de zero).


O fundamental em campeonato de pontos corridos é sempre somar pontos, principalmente em jogos longe do GIGANTE contra adversários fortes e diretos.

Em 2011 contra os mesmo times e nos jogos com os mesmos mando de campo conquistamos apenas 1 pontos (empate com o Coritiba e derrota nas outras 3 partidas). Em 2012 conquistamos 8 pontos.

Próximo adversário é o Botafogo no GIGANTE.

Um grande e forte abraço.

0 comentários:

Postar um comentário