5 de mai de 2011

Peñarol foi um time competente

Podemos considerar que a partida iníciou com o placar de 1 a 0 para o INTERNACIONAL em um jogo que o empate sem gols e a vitória por qualquer escorre garantiria a classificação do COLORADO para a fase de quartas de finais da Libertadores da América da edição de 2011.

E o primeiro tempo terminou com o mesmo placar que iniciou o jogo, 1 a 0 para o COLORADO, o time de Paulo Roberto Falcão abusando da troca de passes na primeira etapa e sem nenhuma objetividade.

O bravo e COMPETENTE time do Peñarol virou o jogo e inverteu o placar a seu favor em 2 a 1 nos primeiros cinco minutos da segunda etapa.

A partir da virada do Peñarol, um abatimento tomou conta do GIGANTE. Os torcedores vermelhos apavorados com a situação de desclassificação, o time totalmente apático em campo e novamente o treinador Paulo Roberto Falcão fez substituições erradas. O resultado não poderia ser diferente e o time do Uruguai com muita competência administrou o resultado e se classificou até com certa tranqüilidade em pleno GIGANTE.

De exaltar os torcedores do time do Peñarol que acreditaram no potencial do seu time. Vieram em grande número a Porto Alegre e o espaço destinado no GIGANTE aos torcedores adversários estava completamente tomado de preto e amarelo.


Eu que queria e muito um clássico entre os vermelhos e azuis pelas Libertadores não terei o privilégio de assistir aquele que seria o mais importante dos confrontos da história desta rivalidade.

Hoje os Vermelhos hoje vão dormir tristes e decepcionados com a desclassificação em pleno GIGANTE enquanto os Azuis vão dormir alegres felizes com a sensação da conquista de um título em virtude da desclassificação do INTERNACIONAL. Esta é a diferença que separa os vermelhos dos azuis nos últimos anos.

E a noite do dia 04/05/2011 ficará na história da Libertadores como a noite do fracasso dos Brasileiros. Adeus na Libertadores da América de 2011 para INTERNACIONAL, Cruzeiro, Fluminense e Porto Alegrense.

E que o objetivo do INTERACIONAL para o restante do ano de 2011 seja a conquista do Campeonato Brasileiro e não da Recopa ou Copa Audi.

AméricaTriVermelha, quem sabe em 2012?
Um grande e forte abraço aos leitores.

1 comentários:

Anônimo disse...

señores yo soy del manaya y lo sigo a todos lados

Postar um comentário