25 de set de 2011

Valeu pelos 3 pontos

Valeu pelos 3 pontos (venceu e não convenceu). O COLORADO venceu o Galo Mineiro no GIGANTE por 2 a 1 com gols de Bolatti e Fabrício. A vitória foi fundamental para manter o INTERNACIONAL na luta pela classificação na Libertadores de 2012. No momento apenas 1 ponto volta a separar o INTER do Fluminense que é o último dos classificados no chamado G5.

O ataque vermelho hoje deixou a desejar, Jô e Dellatorre deixaram de "matar" o jogo e encaminhar uma vitória com mais tranqüilidade. O treinador Dorival Júnior errou novamente nas substituições e ficou comprovado na sua coletiva pós jogo onde apresentou muitas justificativas para suas decisões. D'Alessandro não pode ser substituído por Ricardo Goulart em hipótese alguma.

Rodrigo Moledo expulso no jogo mais Kleber e Andrezinho pelo terceiro cartão amarelo estão todos suspensos para a próxima partida. Para desespero do torcedor vermelho existe enormes riscos de Bolivar e Tinga voltarem ao time. Alguém sabe explicar por qual razão Guinazu comete tantas faltas desnecessárias? 


Após a vitória contra o Galo, a matemática é:
- no campeonato é de 51% (26 rodadas)
- no 1o turno foi de 47% (19 rodadas)
- no 2o turno é de 62% (7 rodadas). Nas 7 rodadas do 1o turno o aproveitamento foi de 57%.


O desempenho do INTER de Dorival Júnior é muito melhor que a atuação coletiva do time COLORADO. Somos totalmente dependentes de jogadas individuais de alguns dos bons jogadores do time.

O próximo confronto é contra o desesperado Atlético-PR e pelas atitudes e decisões de DJR até o momento a probabilidade é que joguem: Bolivar, Tinga e Guinazu e com estes três em campo as chances de um resultado positivo reduzem e muito.

Infelizmente, continuamos na Copa do Brasil e SulAmericana em 2012.

Um grande e forte abraço.

0 comentários:

Postar um comentário