5 de fev de 2012

Faltou o gol do Jô e apenas empatamos o clássico

Não gosto de perder para o Porto Alegrense nem "cuspi a distância" ou "par ou ímpar" imagina então uma partida de futebol. E INTERNACIONAL jogado com seu time de suplentes fortemente reforçado com atletas do Sub-23 apenas empatou no estádio da Azenha com o rival em 2 a 2

Eu tinha grande expectativa de escrever o post da vitória com gol do Jô. Eu sei que isso é  abusar dos pedidos de milagres. Não lembro de um camisa 9 no INTER pior que o Jô. Já vi alguns parecidos: Kleber Pereira e Didi Facada.

Será que estou exagerando com o Jô? Vejam que na foto abaixo é necessário 3 adversários para conterem o ímpeto ofensivo do atacante. Um deles inclusive está extenuado ao chão.


No calor do jogo responsabilizei Muriel pelo 1o gol. Revendo o lance fiquei na dúvida, e na dúvida tenho o dever de absolve-lo. E no 2o tempo o goleiro COLORADO foi muito bem e "calou a boca de seus críticos".

E o goleiro Victor não pode ver um Argentino. Será que com o Jesus Dátalo será "amor a 1a vista". Victor consegue ser mais pé frio em clássicos que o Campeão do Mundo Cláudio Taffarel.

E a camisa que o INTER usou neste jogo? Tenho quase certeza que já vi este modelo a venda no centro de Porto Alegre tanto no "ShopChão" como nas "boutiques da Voluntários".

E o empate foi obtido com gol do General Bolivar.

O que vale mesmo é o jogo da próxima quinta pela LIBERTADORES DA AMÉRICA.


Um grande e forte abraço.

0 comentários:

Postar um comentário